COMPORTAMENTO
10/06/2014 09:56 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:43 -02

9 coisas que acontecem nas comédias românticas, mas nunca na vida real

Hutson H/Flickr

Você tem expectativas de como deve ser o começo de um relacionamento? A culpa é das comédias românticas.

Relacionamos aqui nove coisas que sempre acontecem nas comédias românticas, mas que nunca acontecem na vida real. Ah, incluímos também uma comparação do resultado de cada enredo na sua vida amorosa, caso um dia os deuses de Hollywood decidam permitir que um filme seja feito sobre isso. (Nem se anime muito...)

Aquele momento do encontro fofo

Expectativa: Você conhece um cara superbonito no parque onde você leva seu cachorro para passear. O seu cachorro e o dele correm um ao encontro do outro e acabam com as coleiras enroladas e você quase tropeça por cima deles. Ah, que cena mais "101 Dálmatas"!

Realidade: O seu cachorro faz cocô assim que você começa a andar na direção do gato para jogar um charme. O seu cachorro também faz aquele negócio onde ele arrasta o traseiro coberto de cocô pela grama do parque. Ele ri e sai andando. Volta aqui?

Seu emprego descolado e fácil

Expectativa: Você tem um ótimo emprego na área de criação. Você escreve uma coluna sobre sexo para uma revista feminina, por exemplo, ou escreve dizeres para aqueles cartões de datas comemorativas. De alguma maneira, você também consegue ganhar rios de dinheiro.

(Feliz Dia dos Namorados, querida. Eu te amo)

Realidade: Você é estagiário (não-remunerado) numa startup de tecnologia.

Você vive em uma situação totalmente fora da realidade

Expectativa: O seu apartamento parece aqueles que aparecem nos blogs e revistas de decoração. Sério, que tipo de pacto você faz com diabo para conseguir um loft tão legal? (A gente também quer um.)

Realidade: Dá pra tocar a sua geladeira com os dedos do pé quando você senta na privada do seu banheiro. "É um espaço aconchegante!", você fala para os conhecidos.

O retorno às suas raízes -- e o seu vizinho gato

Expectativa: A vida corrida na cidade e os encontros marcados pelos sites de relacionamento te desanimaram. Você volta para casa e descobre que o cara desengonçado que é seu vizinho virou um gato no nível do Chris Hemsworth, que fez o papel de Thor no cinema.

Realidade: Todo mundo mudou da sua cidade natal, exceto aquele menino esquisito da sua sala que cheirava a cola branca na aula de artes... Você faria qualquer coisa pelo amor, mas ficar com ele, realmente não dá.

O superamigo que, na verdade, deveria ser seu namorado

Expectativa: A única constante na sua eterna busca pelo amor é o seu melhor amigo. O cara é forte, um norte na sua vida. Deixe de ficar procurando e namora logo com ele.

(Levou só três meses. Doze anos e três meses)

Realidade: O seu melhor amigo é gay. Desse mato não vai sair cachorro, amiga.

(Veja a sua vida, as suas escolhas)

Amor à primeira vista

Expectativa: A única coisa mais intensa do que o ódio que sentem um pelo outro? O tesão incontrolável. Esse é sem dúvida o segredo do casamento duradouro de James Carville e Mary Matalins.

(Quem precisa de carinho, quando se tem um ódio cego)

Realidade: Não, vocês simplesmente não se dão bem. Você vai morrer se tiver que ficar o ouvindo falar outra vez, por horas e horas, sobre os benefícios da dieta sem glúten.

(Ah, se liga. Eu te odeio)

O ponto de encontro romântico

Expectativa: Vocês combinam de se encontrar no pôr do sol em um lugar romântico e épico, tipo o Empire State Building ou outro lugar com uma vista arrebatadora. Naquele lugar, vocês declararão o amor um pelo outro e viverão felizes para sempre dali em diante.

Realidade: [Aquela voz de "Deus" dos filmes]: Hoje é um dia igual a qualquer outro. O seu encontro com o destino ainda está por vir. Aproveite esse baita trânsito e vai aperfeiçoando suas técnicas de direção.

O beijo ardente na chuva

Expectativa: "Eu te amo", você confessa. "Agora vamos dar uns amassos na chuva - mas vamos continuar com a aparência impecável".

(Tudo bem, a gente sabe que "Diário De Uma Paixão" não é bem uma comédia romântica, mas esse gif é apaixonante demais para ficar de fora. De nada.)

Realidade: Agora, o sapato ficou ensopado por dentro e vocês parecem cachorros molhados. É difícil pensar em algo que acabe mais com o clima romântico do que isso.

A corrida desesperada pelo aeroporto aos 45 do segundo tempo

Expectativa: Ele corre atrás de você no aeroporto, no momento exato que você vai embarcar rumo a um emprego em Londres ou outro destino longínquo.

Realidade: Ele meio que grita, "Ei, espera aí, é... Me manda um mensagem quando estiver por aqui de novo, tá?"

Não, não vai rolar.