NOTÍCIAS
02/06/2014 12:24 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:42 -02

Príncipe Felipe, da Espanha, será o rei mais preparado da Europa

GTRESONLINE

Felipe de Borbón será o rei mais jovem da Europa. Depois de anunciada nesta segunda-feira (02) a notícia da abdicação do rei Juan Carlos, o filho do monarca chegará ao trono como Felipe VI. O novo monarca tomará posse do cargo com 46 anos, dois a menos do que tem Guillermo de Holanda e nove a mais do que tinha seu pai quando chegou ao trono em 22 de novembro de 1975.

Felipe Juan Pablo Alfonso de Todos los Santos de Borbón y Grecia nasceu em 30 de janeiro de 1968 em Madri e desde pequeno já começou a se preparar para este momento. Seu batizado estava cheio de símbolos da continuidade da monarquia: seu padrinho foi seu avô Don Juan de Borbón, legítimo herdeiro da coroa que nunca reinou, e sua madrinha a Sua Majestade a rainha Victoria Eugenia.

Onze anos depois, em primeiro de novembro de 1977, recebeu os atributos que o creditavam como Príncipe de Astúrias em um ato celebrado no Salão de Cabildo de Covadonga (Astúrias). O título que ostentava desde 22 de janeiro deste ano quando o BOE publicou o Decreto Real sobre títulos e denominações que correspondem ao herdeiro da coroa.

(Continue a ler depois do vídeo...)

Posteriormente, em 4 de outubro de 1981, pronunciaria seu primeiro discurso durante a cerimônia de entrega dos prêmios Príncipe de Astúrias. E em 1986, a alcançar a maioridade, jurou diante da Justiça desempenhar fielmente suas funções e de uardar e fazer guardar a Constituição, segundo o artigo 61 da Carta Magna.

(Continue lendo depois do vídeo...)

O príncipe Felipe dedicou sua infância, juventude e fase adulta a se preparar para a chegada deste momento de se converter em rei Felipe VI. Sua vida foi uma formação constante. Tanto é que, além de ser o rei mais jovem da Europa, Felipe será também o mais preparado. Domina perfeitamente o inglês e o francês desde os nove anos, tem formação civil e militar e conhece perfeitamente as instituições nacionais e internacionais. Além disso, ostenta os títulos de Príncipe de Gerona, Príncipe de Viana, Duque de Montblanc, Conde de Cervera e senhor de Balaguer.

Estudou no Colégio Santa María de los Rosales de Madri até ir morar no Canadá para estudar no Colégio Lakefield, em Toronto. Posteriormente, se formou em direito pela Universidade Autônoma de Madri e fez um mestrado em relações internacionais na Universidade Georgetown, em Washington (EUA).

Além disso, estudou na Academia Militar de Zaragoza, na Escola Militar de Marín e na Academia Geral del AIre de San Javier. Com o título de oficial nas três armas, desde julho de 2009 é tenente coronel de infantaria, capitão de fragata e tenente coronel das Forças Aéreas.

A agenda do príncipe aumentou progressivamente no passar dos anos, acompanhada de seu currículo, que também engrossou. Em 2010, teve que substituir o rei Juan Carlos depois de uma operação de um nódulo pulmonar em 8 de maio. Em novembro desse ano, se incorporaram às suas atividades oficiais as audiências militares. E, em 2011, os problemas de saúde do rei fizeram com que Felipe tivesse mais atos oficiais que seu pai.

O lado pessoal

No lado pessoa, Felipe de Borbón acabou de celebrar seu décimo aniversário de boda. Em 22 de maio de 2004, casou-se com Letizia Ortiz na Catedral de la Almudena, em Madri. Desde então, o volume de atividades na agenda do príncipe e da princesa aumentou consideravelmente, tanto dentro como fora da Espanha. Sua primeira viagem como casal aconteceu só um mês depois: em 28 de junho de 2004, quando visitaram o papa João Paulo II no Vaticano.

Letizia e Felipe se tornaram pais em 31 de outubro de 2005, quando nasceu a pequena Leonor, atualmente a herdeira mais jovem da Europa, antes de Catalina da Holanda (10 anos). Sua segunda filha, Sofia, nasceria dois anos depois, em 29 de abril de 2007. A família vive em uma residência próxima ao Palácio de Zarzuela, para onde o príncipe se mudou em 22 de junho de 2001. Ali foi tirada esta imagem do 10º aniversário de boda real:

A vida pessoal de Felipe tem sido o centro de interessa da imprensa desde seu nascimento. Sua vida sentimental foi seguida muito de perto, levando a capa de diferentes revistas, como Isabel Sartorious, sua primeira noiva conhecida, ou a modelo norueguesa Eva Sannum.

Felipe VI é um apaixonado declarado por esporte. Foi membro da equipe olímpica de vela nos jogos de Barcelona em 1992, em cuja inauguração desfilou com a bandeira da equipe espanhola.