NOTÍCIAS
02/06/2014 13:37 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:42 -02

Copa 2014: Ministério Público cria gabinete para acompanhar manifestações durante a Copa

Levi Bianco via Getty Images
[UNVERIFIED CONTENT] Alunos da USP e UNICAMP protestam em frente da Assembleia Legislativa de São Paulo.|Students from public universities USP and UNICAMP protest in front of the Legislative Assembly of São Paulo|Fotojornalismo, Repórter Fotográfico,terror, conflict, vandalism, protest, demonstration, demonstrators, chaos, police, rampage, crowd, arrest, riot, clash, |terror, conflicto, vandalismo, protesta, manifestación, los manifestantes, caos, policía, rampage, multitud, arresto, motín, choque,|terror, conflito, vandalismo, protesto, manifestação, manifestantes, caos, policia, tumulto, multidão, arruaça, confronto,

O Ministério Público Federal instituiu, por meio de uma publicação no Diário Oficial da União, nesta segunda-feira (2), o Gabinete de Crises para a Copa do Mundo, órgão que terá como propósito a solução de conflitos decorrentes de manifestações de rua.

A iniciativa irá envolver o Ministério Público Federal e o Ministério da Justiça e, segundo o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que atuará como coordenador do Gabinete, servirá para que, em conjunto com juízes, defensores, policiais, o governo federal possa “ter a atuação pronta no caso de excesso nas manifestações, de um lado ou de outro”.

O Gabinete de Crise terá como representantes os Procuradores-Gerais de Justiça do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios, do Ministério Público Militar e dos Ministérios Públicos dos estados que sediarão a Copa do Mundo.Um conselheiro do Conselho Nacional do Ministério Público também será indicado para compor a equipe.

Junto ao gabinete, será criado, ainda, um Grupo de Apoio ao Gabinete de Crise. Este órgão contará com os seguintes integrantes: chefe de Gabinete do procurador-geral da República, secretário-geral do Ministério Público da União e adjunto; secretário-geral do Conselho Nacional do Ministério Público e adjunto; secretário de pesquisa e análise da Procuradoria- Geral da República; secretário de cooperação internacional da Procuradoria-Geral da República; secretária de Comunicação Social da Procuradoria- Geral da República; membro auxiliar do Conselho Nacional; e um membro do Ministério Público Federal, a ser indicado pelo Procurador-Geral da República.