NOTÍCIAS
31/05/2014 21:11 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:42 -02

Dilma: "É um absurdo dizer que o dinheiro dos estádios compromete a educação no Brasil"

ESTADÃO CONTEÚDO

Na tarde deste sábado (31), a presidente Dilma Rousseff participou do encontro da Juventude do PT, em Guarulhos, São Paulo. Durante o evento, ela falou sobre avanços na distribuição de renda e classificou como absurda a afirmação de que o governo tenha trocado investimentos na educação por construção de estádios para a Copa.

Dilma comentou que, em 2013, 42 milhões de pessoas ascenderam economicamente à classe média, o que é o equivalente à população da Argentina. "Aumento do salário real e da renda queremos que sejam permanentes. Continuamos com nossas políticas de distribuição de renda e de avançar a educação", ressaltou.

Além disso, aproveitou para comparar o orçamento da educação com o gasto dos estádios. Segundo informações do G1, a presidente disse que no início do governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o orçamento da educação era de R$ 18 bilhões e, atualmente, é de R$ 112 bilhões. "Todos os estádios vão ficar em R$ 8 bilhões", afirmou. "Então, é um absurdo dizer que o dinheiro dos estádios compromete a educação no Brasil."

De acordo com ela, o dinheiro aplicado nas arenas é de financiamento. "Vão ter de pagar banco, e banco, vocês sabem, não dá moleza. Financiaram os estádios e vão cobrar", explicou.

(Com informações do Estadão Conteúdo)