NOTÍCIAS
21/05/2014 09:25 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:35 -02

Greve de ônibus em São Paulo: passageiros vão enfrentar mais transtornos em 2º dia de paralisação

Reprodução/Twitter

Neste segundo dia de greve de motoristas e cobradores de ônibus, os paulistanos podem se deparar com mais um cenário de caos. Ontem, por causa da paralisação, São Paulo bateu recorde de congestionamento: 261 quilômetros, segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), e as estações de metrô ficaram lotadas, já que, sem ônibus, a procura pelo transporte subterrâneo aumentou.

De acordo com o site da Band, os grevistas travam mais de dez garagens na manhã desta quarta-feira (21). Na região de Pinheiros, na zona oeste da capital paulista, grevistas estão impedindo a passagem dos motoristas de ônibus no cruzamento da Faria Lima com a Rebouças. Uma das mais importantes vias de Pinheiros, a Cardeal, está bastante engarrafada.

Segundo o UOL, o sindicato dos motoristas do transporte rodoviário estima que apenas 8% da frota esteja parada. Ainda não há previsão para o fim da greve, levada a cabo por dissidentes da entidade.

LEIA MAIS:

- São Paulo vive dia de caos com greve de ônibus

- Trabalhadores aproveitam #NãoVaiTerCopa para pressionar governo