NOTÍCIAS
13/05/2014 16:52 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:35 -02

Deputados do PP declaram apoio a Aécio Neves e atingem sonho presidencial de Jair Bolsonaro

Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

O deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) segue a sua busca por assinaturas e apoio interno dentro do próprio partido, na esperança de viabilizar a sua candidatura à Presidência da República. Mas o sonho do parlamentar ficou um pouco mais distante nesta terça-feira (13). E a culpa é justamente dos próprios colegas de sigla.

De acordo com a Liderança da Minoria na Câmara dos Deputados – grupo formado pelos partidos da oposição PSDB, DEM e PPS –, deputados federais do PP (este um partido da base aliada da presidente Dilma Rousseff) anunciaram apoio ao senador Aécio Neves (PSDB-MG) para as eleições presidenciais de outubro.

A posição não integraria a totalidade dos 40 deputados do PP, sigla que ainda não definiu que rumo seguirá em âmbito federal. A cúpula do partido, notoriamente alinhado ao governo federal nas últimas duas décadas, ainda negocia com o PT e com o PSDB, mas um posicionamento oficial só deve sair na convenção nacional, em junho.

LEIA TAMBÉM

- Conheça as propostas de Jair Bolsonaro para ser candidato à Presidência da República

- Bolsonaro grita com jornalista e chama de 'idiota' e 'analfabeta' (VÍDEOS)

- 50 anos do Golpe: Alves nega pedido de Bolsonaro para exaltar militares

Até lá, Bolsonaro espera ter assinaturas e apoio suficiente para ser levado a sério até dentro do próprio partido. Por ora, o senador e presidente da sigla, Ciro Nogueira (PP-PI), parece estar alinhado com o governo federal. O caminho para a “cara da direita”, como se definiu Bolsonaro recentemente, ainda será longo para almejar o Palácio do Planalto.