NOTÍCIAS
12/05/2014 16:17 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:35 -02

Ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares não poderá trabalhar fora da prisão, decide STF

Márcio Fernandes/Estadão Conteúdo

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, derrubou nesta segunda-feira (12) a decisão que havia garantido ao ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares o direito de trabalhar fora da prisão.

Condenado por envolvimento com o esquema do mensalão, Delúbio está preso desde novembro em Brasília. Ele está trabalhando na Central Única dos Trabalhadores (CUT).

LEIA TAMBÉM

- Ministro Joaquim Barbosa nega pedido de José Dirceu para trabalhar fora da prisão da Papuda

- Deputados visitam José Dirceu, que assistia jogo da Liga dos Campeões, e divergem sobre privilégios

Na semana passada, Joaquim Barbosa já havia cassado decisões que tinham autorizado o ex-deputado Romeu Queiroz e o advogado Rogério Tolentino a dar expediente fora da cadeia.

Na sexta-feira, Barbosa rejeitou um pedido do ex-ministro José Dirceupara trabalhar num escritório de advocacia. Para o presidente do STF, os condenados somente passarão a ter o direito ao trabalho externo após o cumprimento de um sexto da pena.