NOTÍCIAS
09/05/2014 17:27 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:29 -02

Rio 2016: COI diz que não cogita mudar sede dos Jogos Olímpicos

TASSO MARCELO via Getty Images
View of the Sugar Loaf Rio's landmark from the Army Physical Education School in Rio de Janeiro, Brazil on May 8, 2014, where England's national football team will train during the FIFA World Cup Brazil 2014. AFP PHOTO/TASSO MARCELO (Photo credit should read TASSO MARCELO/AFP/Getty Images)

O Comitê Olímpico Internacional (COI) veio a público nesta sexta-feira para negar os rumores de que estaria cogitando a possibilidade de trocar o Rio de Janeiro por Londres nos Jogos de 2016. A capital inglesa foi a sede da última Olimpíada, em 2012.

"Mudar a sede dos Jogos é algo que não tem qualquer fundamento e é totalmente impraticável", disse o porta-voz do COI, Mark Adams. O representante se referia à notícia publicada pelo jornal britânico London Evening Standard nesta sexta-feira.

De acordo com o periódico, Londres "teria sido secretamente questionada se teria condições de receber os Jogos de 2016 porque o Brasil está muito atrasado nas obras de preparação", publicou o jornal.

Uma fonte citada pelo periódico, sem o nome divulgado, teria dito que "a resposta mais óbvia [aos atrasos do Brasil] seria fazer os Jogos voltarem para Londres. Seria muito improvável, mas seria a coisa mais lógica a fazer".

A organização da Olimpíada do Rio vem recebendo diversas críticas do COI e de diversas federações esportivas nas últimas semanas por conta dos atrasos nas obras que receberão os eventos dos Jogos de 2016. Vice-presidente do COI, John Coates chegou a dizer em abril que a preparação do Rio era a pior que ele já viu.