NOTÍCIAS
06/05/2014 18:49 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:29 -02

Suspeito de participar de linchamento de mulher no Guarujá é preso pela polícia

Reprodução/Facebook

A Polícia Civil prendeu, na tarde desta terça-feira (6), um dos suspeitos de participar do linchamento da dona de casa Fabiana Maria de Jesus, de 33 anos. O suspeito foi detido depois de denúncias anônimas feitas por moradores do próprio bairro de Morrinhos, no Guarujá, litoral de São Paulo. Policiais civis estiveram no bairro nesta tarde e fizeram a prisão.

Um dos investigadores falou à imprensa que o suspeito teria confessado a participação no crime. "Eu também tenho filhos, doutor. Eu achei que era verdade (o fato de ela ser sequestradora)", teria dito o suspeito segundo a polícia. Até o momento, no entanto, nenhum advogado do acusado foi visto no primeiro distrito policial de Guarujá e não há confirmações de que um depoimento formal do suspeito tenha sido colhido. Amigos do suspeito que estão na frente da delegacia mostraram-se revoltados com apenas uma prisão. "Quer prender todo mundo? A culpa é de todo mundo! A culpa é de ninguém! A culpa é da internet!", gritou o ajudante Jonas Tiago, de 27 anos.

LEIA TAMBÉM

Mulher espancada no Guarujá: dona de casa morre após ser alvo de justiceiros em meio a boatos

Boechat alfineta Sheherazade: apresentadora também é responsável pela morte de mulher espancada por 'justiceiros'

A dona de casa Carla Rosane Cunha Viana, uma testemunha da agressão, que também esteve na delegacia, afirmou que o linchamento de Fabiane durou cerca de duas horas. A notícia de que a sequestradora de crianças que assombrava o Guarujá havia sido encontrada foi espalhada por mensagens de celular. "Apareceram umas três mil pessoas no Morrinhos", disse a dona de casa.

O delegado Luiz Ricardo Lara Dias Junior, que conduz a investigação, ainda não confirmou se o suspeito detido será indiciado. Por volta das 17h30, ele deixou a delegacia em direção ao Fórum de Guarujá - supostamente para obter mandados de prisão para outras pessoas. Fabiane foi linchada depois de uma falsa acusação de que ela sequestrava crianças. Seu corpo foi enterrado às 10h15 desta terça-feira no cemitério Jardim da Paz, no Guarujá.