NOTÍCIAS
06/05/2014 15:09 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:29 -02

Monica Lewinsky fala pela primeira vez sobre affair com Bill Clinton

ASSOCIATED PRESS
Former White House intern, Monica Lewinsky, smiles during a photo opportunity in Helsinki, Finland Friday, April 9, 1999. Lewinsky is on a two-day book tour in Helsinki, to sell her new book. (AP Photo/Soile Kallio)

Monica Lewinsky quebrou o silêncio sobre seu caso com o ex-presidente dos Estados Unidos Bill Clinton pela primeira vez em anos, comentando como a Internet levou ela e outros à "humilhação global".

Lewinsky, que assinou um artigo para a revista Vanity Fair que estará disponível no site em 8 de maio e nas bancas em 13 de maio, disse que finalmente veio a público sobre sua experiência por causa do suicídio de Tyler Clemente, um jovem de 18 anos que se matou depois que um vídeo dele beijando outro homem foi divulgado online.

"Graças ao Drudge Report, eu fui provavelmente a primeira pessoa cuja humilhação global começou com a internet", disse Lewinsky.

Lewinsky disse que ela e sua mãe estavam perturbadas com as circunstâncias da morte de Clementi.

"Ela estava revivendo 1998 quando ela não me deixava fora de vista. Ela reviveu essas semanas quando ela ficou na minha cama, noite após noite, porque eu estava, também, suicida", disse ela sobre a mãe. "A vergonha, o escárnio e o medo de que tudo seria jogado sobre sua filha a deixou com medo de que eu tiraria minha própria vida - um medo de que eu seria literalmente humilhada até a morte".

Ela esperava que, ao contar sua história, ela poderia "ajudar outros em seus momentos mais sombrios de humilhação".

Lewinsky também negou rumores que a perseguem desde que as notícias sobre seu affair com Clinton , dizendo que ela não recebeu 12 milhões por uma biografia com todos os detalhes, mas reconheceu que negou ofertas que renderiam a ela 10 milhões porque "não parecia a coisa certa a fazer".

"Tá na hora de queimar a boina e enterrar o vestido azul", disse Lewinsky. "Eu mesma me arrependo profundamente do que aconteceu entre o presidente Clinton e eu. Deixe-me repetir: Eu.Mesma.Profundamente.Me.Arrependo.Do.Que.Aconteceu", disse.