COMPORTAMENTO
05/05/2014 10:38 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:29 -02

9 cidades europeias encantadoras que você precisa visitar (FOTOS)

John Elk III via Getty Images

Não faltam cidades acolhedoras e ambientes marcados pela beleza aos visitantes da Europa. Itália, França, Inglaterra ou Suécia, cada país ao longo de todo o continente reserva vilarejos antigos, tomados por paisagens exuberantes e o clima ameno. Porém, mesmo nesse paraíso turístico, alguns lugares se destacam, e é exatamente isso que a lista abaixo tenta identificar.

Bibury, Inglaterra

A "aldeia mais bonita da Inglaterra" é extremamente fotogênica. Entre os seus pontos mais fotografados está Arlington Row, vilarejo que possui casas originalmente construídos em 1380 (eles foram convertidos em casas de campo dos tecelões no século 17).

Eguisheim, França

Qualquer cidade eleita como a aldeia favorita ou a mais bela de um país merece uma visita de qualquer turista.

Bruges, Bélgica

Canais + ruas de paralelepípedos + um centro histórico medieval que é um Patrimônio Mundial da UNESCO = um destino que merece a sua atenção.

Colmar, França

Qualquer cidade - especialmente uma que se pareça com isso - e que é considerada a "capital do vinho" é bem recebida por nós.

Gruyeres, Suíça

O queijo é, literalmente, o nome desta cidade medieval situada aos pés dos Alpes suíços.

Giethoorn, Holanda

A "Veneza holandesa" fica a 55 km ao nordeste de Amsterdã e é um lugar simplesmente apaixonante. Existem cerca de 180 pontes que cruzam os canais adoráveis do vilarejo. Ah, carros não são permitidos. Um sonho.

Alberobello, Itália

Não tem certeza qual é a parte mais encantadora desta cidade, mas é seguro afirmar que os edifícios de pedra calcária branca (grande parte deles construídos no século XIV) chamam ainda mais as atenções.

Cesky Krumlov, República Checa

Visite este Patrimônio Mundial da UNESCO nos meses de verão e você vai entender os motivos que fazem desta cidade uma das mais procuradas da República Checa.

Sibiu, Romênia

Esta cidade para pedestres tem um nível superior repleto de locais históricos e no nível inferior moradias cercadas por ruas de paralelepípedos. Não à toa foi eleita a Capital Europeia da Cultura em 2007.