NOTÍCIAS
29/04/2014 22:32 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:29 -02

Conselho de Ética aprova abertura de processo contra André Vargas

Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

Em rápida votação, o Conselho de Ética e Decoro Parlamentar aprovou na noite desta terça-feira (29) o relatório preliminar do deputado Júlio Delgado (PSB-MG) que determina a abertura de processo disciplinar contra o deputado licenciado André Vargas (PT-PR). O relatório foi aprovado por unanimidade.

Com a aprovação do relatório preliminar, André Vargas terá dez dias úteis para apresentar sua defesa escrita. O prazo começa a correr depois que o deputado for notificado. Além de uma viagem de jatinho paga pelo doleiro Alberto Yousseff, há suspeitas de que Vargas teria intermediado interesses de Yousseff em contratos com o Ministério da Saúde.

LEIA TAMBÉM

Parecer preliminar contra André Vargas é adiado com pedido de vista de petista

Caso André Vargas: ao voltar atrás na renúncia, deputado enrolado abre brecha para ser expulso

Deputado enrolado do PT chora as mágoas com companheiros em lanchonete de São Paulo

Yousseff está preso e responde a processo na justiça federal pelos crimes de lavagem de dinheiro e evasão de divisas. A ação teve origem na Operação Lava Jato, da Polícia Federal, deflagrada em março.

Na última sexta-feira (25), André Vargas pediu desfiliação do PT, partido no qual militou por 24 anos, mas até agora seu desligamento da agremiação não foi formalizado na Câmara.