NOTÍCIAS
22/04/2014 18:37 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:29 -02

Valcke cobra agilidade em obras da Arena da Baixada e confirma evento-teste em maio

Estadão Conteúdo

Em vistoria à Arena da Baixada, realizada na tarde desta terça-feira (22), o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, se mostrou preocupado com o atraso na instalação das cadeiras nas arquibancadas do estádio, minimizou o fato de o entorno da arena ainda estar em obras e garantiu que a sede de Curitiba na Copa estará pronta até o dia 13 de maio. O dirigente também confirmou que o evento-teste da Fifa será realizado em 13 ou 14 de maio.

Valcke, na coletiva de imprensa, esteve acompanhado de Ronaldo, membro do Comitê Organizador Local (COL); Reginaldo Cordeiro, secretário municipal da Copa do Mundo em Curitiba; e Mario Celso Petraglia, presidente do Atlético-PR e coordenador dos assuntos da Copa no Paraná.

O dirigente da Fifa lembrou do ultimato dado ao Comitê Organizador Local (COL) em fevereiro, quando a Fifa ameaçou excluir o estádio da Copa caso as obras não avançassem consideravelmente em um mês – a arena acabaria mantida na competição – e disse que “ainda falta trabalho”.

“Algum trabalho foi feito desde fevereiro. Ainda falta trabalho. Não falta pouco, já que metade dos assentos não está instalada. Ainda faltam 27 mil. É preciso que tenha assento. Não pode assistir jogo de pé. Estamos vendendo ingressos para que todos assistam sentados. A data é 13 de maio, para que possa ocorrer o evento-teste”, afirmou Valcke.

Questionado a respeito das obras no entorno do estádio, bem como as outras estruturas da Arena da Baixada, foi enfático: “O que será utilizado pelos jogadores, pelos torcedores e pela mídia, tudo estará 100% pronto. Talvez ainda falte algum trabalho nas partes inferiores, que são menos importantes. Mas tudo aquilo que é necessário para a Copa do Mundo deverá estar pronto até 13 de maio”.

O presidente do Atlético-PR, afirmou que pretende fazer ao menos dois testes no estádio até a Copa. “A Fifa decidiu pela necessidade de mais um ou dois jogos-testes até 22 de maio. Ainda não temos o adversário nem se será dois ou um (jogo-teste). Um será 13 ou 14 de maio. Poderá haver outro jogo até a entrega para a Fifa”

Petraglia completou afirmando que “ficou claro que teremos que ter um jogo-teste para 43 mil lugares se o estádio estiver 100%. Esse é o nosso desafio. Se for possível 100% pronto até 14 de maio, teremos um jogo total. Se não, um parcial e, depois, outro jogo com capacidade total”.