NOTÍCIAS
21/04/2014 14:16 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:23 -02

Você pode doar sua voz para ajudar pessoas que não podem falar

Beverly & Pack/Creative Commons

Se você já comunicou sua família que, quando morrer, quer doar seus órgãos, parabéns! Mas não precisa esperar até lá para ajudar quem precisa. Além de sangue, medula óssea, rim e partes do fígado e pulmão, é possível doar a sua voz para aqueles que não podem falar. Sabia?

Criado por dois cientistas da fala, Rupal Patel e Tim Bunnell, o aplicativo VocalID pretende acabar com aquela voz sintética robótica que resta como única opção para pessoas que perdem a capacidade de falar ao longo da vida. A ideia dos pesquisadores é produzir vozes customizadas para cada pessoa, com a ajuda daqueles que conseguem falar.

Funciona assim: você se voluntaria como doador de voz no site do VocalID, grava de 2 a 3 horas de discurso no seu celular em um ambiente silencioso e envia o conteúdo para a equipe.

Com a ajuda de um programa chamado ModelTalker, os cientistas cortam o discurso para captar as unidades básicas da fala e, assim, combiná-las de diferentes jeitos, para formar novas palavras e sentenças.

Mas não precisa se preocupar: não terá ninguém por aí falando exatamente como você. A equipe do VocalID também grava os poucos sons que seus pacientes conseguem emitir e, ao misturá-los com a fala do doador, criam uma nova voz, única (aqui, eles exemplificam o processo).

Ainda em estágio inicial, o VocalID só aceita discursos em inglês, mas já está precisando (muito!) de doadores – inclusive crianças. Que tal (literalmente) dar voz a alguém?