NOTÍCIAS
13/04/2014 18:25 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:23 -02

Inter, Flamengo, Cruzeiro e Ituano são campeões estaduais

Estadão Conteúdo

Torcedores de Internacional, Flamengo, Cruzeiro e Ituano estão felizes: a tarde de domingo reservou a eles a alegria de ser campeão.

Em Caxias do Sul, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e São Paulo, diferentes situações se configuraram nas partidas decisivas dos Campeonatos Estaduais. Enquanto o Internacional garantiu com facilidade o tetracampeonato gaúcho, voltando a vencer o Grêmio na segunda decisão do campeonato, o Flamengo buscou um empate heroico contra o Vasco, nos estertores da partida, para sagrar-se campeão.

Um empate também deu o título ao Cruzeiro, na partida contra o Atlético. O Ituano, por fim, fez história e, nos pênaltis, bateu o Santos e levantou o caneco.

No Pacaembu

Depois de vencer o Ituano por 1 a 0 no tempo normal, devolvendo o placar imposto pelo time do interior à equipe santista na primeira partida da final, o Santos acabou derrotado pelo rival, nos pênaltis, em um Pacaembu repleto de torcedores do Peixe.

É a primeira vez que uma equipe do interior bate um "grande" do Estado desde 1986, quando a Inter de Limeira bateu o Palmeiras na decisão do Estadual. O "Galo da Japi", como é chamado carinhosamente por seus torcedores, já havia sido campeão paulista em 2002, quando o certame foi disputado sem a presença de São Paulo, Santos, Corinthians e Palmeiras.

No Centenário

Depois de vencer o arquirrival Grêmio na partida de ida da decisão do Gauchão, em plena Arena do Grêmio, por 2 a 1, o Internacional voltou a vencer o adversário neste domingo. E foi de goleada: 4 a 1.

Com o resultado, a equipe colorada chegou ao tetracampeonato estadual, ampliando ainda mais a diferença de número de títulos do Campeonato Gaúcho frente ao rival: o escore, agora, registra 43 conquistas para o Inter, contra 36 do Grêmio.

No Maracanã

No Maracanã, a festa foi flamenguista, e de forma emocionante. A torcida do Vasco já fazia a festa e via o jejum de 26 anos sem vitória sobre o rival em finais ser quebrado, quando Nixon, aos 46 minutos do segundo tempo, em posição irregular, fez o gol de empate para o Flamengo. O 1 a 1 no placar, para desespero dos cruz-maltinos, deu o título aos flamenguistas.

A conquista serviu para aliviar a tristeza da torcida rubro-negra, que, no meio de semana, em pleno Maracanã, viu seu time perder para o León, do México, por 3 a 2, e ser eliminado da Libertadores ainda na primeira fase.

No Mineirão

O empate em 0 a 0 no Mineirão, a segunda igualdade sem gols seguida nas finais do Campeonato Mineiro, deu o título ao Cruzeiro. A conquista celeste impediu o tricampeonato mineiro do arquirrival e aumento a confiança da equipe para a sequência da temporada. Tanto Cruzeiro quando o Atlético seguem vivos na Libertadores da América.

Outras praças

Em Salvador, o Bahia empatou com o Vitória por 2 a 2 e garantiu a conquista do 45º título estadual. Em Santa Catarina, o troféu ficou nas mãos do Figueirense, que bateu o Joinville por 2 a 1, devolveu a derrota sofrida na partida de ida da decisão e fez a festa da torcida que lotou o Orlando Scarpelli.

No duelo entre as duas equipes do interior do Paraná, o Londrina bateu o Maringá nos pênaltis e foi campeão paranaense. Já no clássico goiano, entre Atlético Goianiense e Goiás, a vitória ficou com os primeiros. Um gol já no fim da partida sacramentou a conquista do Atlético. Por fim, em um Estado de menos tradição futebolística, o Cene bateu o Águia Negra e garantiu a conquista do título sul-mato-grossense.

Galeria de Fotos Campeões estaduais de 2014 Veja Fotos