NOTÍCIAS
26/03/2014 13:37 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:16 -02

Copacabana amanhece com protesto contra o racismo no futebol

Marcelo Fonseca / Estadão Conteúdo

A praia de Copacabana amanheceu, nesta quarta-feira, com um protesto contra o racismo no futebol. Cem pares de bonecos de 1,60m de altura, negros e brancos, intercalados, com flores nas mãos, foram instalados em uma das praias mais tradicionais do Rio de Janeiro. A manifestação foi organizada pela Associação de Esporte e Lazer (Ascagel).

A luta contra o racismo no futebol é uma das principais bandeiras da Fifa na atualidade e foi encampada pelo governo brasileiro com vistas à realização da Copa do Mundo no País. Recentemente, os jogadores Tinga, do Cruzeiro, e Arouca, do Santos, bem como o árbitro gaúcho Márcio Chagas da Silva, foram vítimas de ofensas raciais.

Galeria de Fotos Protesto contra o racismo em Copacabana Veja Fotos