COMPORTAMENTO
01/03/2014 10:58 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:13 -02

9 dicas para você tirar o melhor da sua Netflix

Netflix

A Netflix tem um número enorme de programas de TV e filmes e pode ser difícil de navegar, pois suas preferências mudam cada vez que você faz uma escolha. Felizmente, você tem como garantir que vai sempre expandir seus horizontes culturais e achar a melhor coisa possível para aquela maratona na frente da TV. O HuffPost conversou com Todd Yellin, vice-presidente de produtos da Netflix, para tentar entender a ciência por trás dos (aproximadamente) 76 897 microgêneros que a empresa oferece. Eis como tirar o máximo da sua assinatura, de acordo com o “guru” do entretenimento.

Assista a filmes e programas que você já viu e sabe que gosta...

O algoritmo da Netflix se guia por dados implícitos e explícitos, mas a informação implícita tem peso maior. Ou seja: o que você de fato assiste conta mais do que o que você diz que gosta de assistir. Não atrapalha se você deixar seu filme favorito rodando em seu computador, mesmo que você não esteja assistindo. Isso vai influenciar suas categorias muito mais do que simplesmente dar cinco estrelas para um filme ou colocá-lo na sua lista de favoritos. “As pessoas nem sempre são precisas ou honestas com relação a suas preferências”, diz Yellin. É por isso que o algoritmo mostra títulos que refletem o seu comportamento real, não o projetado.

... e não pare depois de alguns minutos.

“O tempo que as pessoas passam assistindo influencia o algoritmo”, explica Yellin. Em outras palavras, assistir 15 minutos de um filme não vai ter o mesmo impacto do que assisti-lo do começo ao fim. “Se você assistiu a uma comédia romântica inteira [por exemplo], consideramos isso um sinal”, diz Yellin. E essa informação implícita é usada de forma mais “agressiva” que as marcações que você venha a fazer.

Não deixe de dar notas...

Apesar de o fator mais importante ser o seu uso do serviço, as informações que você fornece afetam a categorização dos micro-gêneros. Suas preferências serão alteradas se você der uma nota alta (quatro ou cinco estrelas) ou baixa (uma ou duas). É importante saber que a Netflix é organizada em vários microgêneros. Coisas como assunto, época e trama afetam como os filmes são classificados e apresentados. Portanto, se você gosta de algum micro-gênero, mas assistiu algo de que não tenha gostado muito, talvez não faça sentido dar uma nota ruim, pois o resultado vai ser uma lista de sugestões com menos coisas parecidas.

...coloque filmes na sua fila...

Colocar itens na sua lista de coisas a assistir também vai gerar categorias baseadas nos títulos em que você indicou estar interessado. Colocar “Breaking Bad” na fila, por exemplo, pode levar a uma seleção inteira “baseada no seu interesse por ‘Breaking Bad’”. Mas isso depende de uma série de fatores que não vêm ao caso neste artigo. “A diversidade também é um item importante no algoritmo”, diz Yellin. E isso também importa na hora de decidir se suas informações implícitas ou explícitas compõem a seleção que você vê em sua primeira página.

... e edite suas preferências...

Yellin diz que apenas 5% dos assinantes usam essa função, mas ela também influencia os subgêneros que são exibidos para você. Clique em Perfil de Interesses e selecione Interesses Pessoais do menu. Ali você vai encontrar uma enorme variedade de assuntos, de “humores” a data de lançamento, cada um com vários exemplos para ajudá-lo na escolha. Como no sistema de notas, isso tem influência no tipo de conteúdo que será sugerido.

... especialmente se for um novo usuário.

“Informações explícitas são mais importantes para os novos usuários”, diz Yellin. Ou seja, os dados que você fornece diretamente são essenciais, pois o sistema não sabe quase nada a seu respeito. Para dar ao algoritmo uma boa base do que você gosta, clique e dê notas altas para seus filmes prediletos ou coloque-os em sua fila. É provável que essa opção apareça logo na primeira vez que usar a Netflix, mas vale a pena clicar em Interesses Pessoais para colocar dados mais rigorosos.

Tenha uma conta separada para as visitas, pois o que eles assistirem vai afetar suas preferências...

Yellin diz que a criação de uma conta para as visitas é uma medida “profilática”. Como a Netflix permite múltiplas contas para uma única assinatura, é melhor já ter uma pronta para seus convidados. Tudo o que eles assistirem vai afetar seu perfil, e não há muito como fazer mudanças depois do fato consumado.

... e esteja pronto para agir caso usem sua conta para ver algo de que você não gosta.

Yellin compara a situação a um “médico tratando de um paciente mordido por uma cobra venenosa”. Para tirar o veneno, você só pode fornecer informações implícitas, mas isso vai ajudar a minimizar os danos. Dê uma nota ruim para o filme invasor. Se quiser tomar uma precaução extra, vá para Interesses Pessoais e dê uma nota baixa também para aquele gênero.

Finalmente, use seus filmes prediletos para descobrir coisas novas.

Se você está com vontade de ver um filme de um certo tipo mas nada parece interessante na sua homepage, em vez de ficar procurando dentro dos gêneros, você pode procurar um filme de que você gosta e que é do estilo que você quer ver. Mesmo que o seu filme não esteja na Netflix, a busca vai oferecer sugestões baseadas no título, e elas podem ser mais específicas que uma procura dentro de cada gênero.