NOTÍCIAS
26/02/2014 16:29 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:13 -02

O horror da guerra síria em uma foto

Um mar de rostos famintos e assombrados se aglomeram no campo de refugiados palestinos de Yarmouk, em Damasco (capital da Síria). Na foto, tirada em 31 de janeiro, homens, mulheres e crianças esperam em uma enorme fila com a esperança de receber comida e remédios. Há mais de 18.000 pessoas no campo de Yarmouk, e muitas estão morrendo de fome.

O campo foi construído originalmente em 1948 para abrigar refugiados palestinos que fugiam da guerra entre árabes e israelenses. Desde o começo do conflito sírio, a área virou uma zona de desastre humanitário em meio a confrontos entre forças do governo e rebeldes que impedem a chegada de alimentos e tratamento médico.

Dezenas de pessoas morreram no campo de desnutrição, com informações de que muitos moradores precisam comer grama e gatos para sobreviver. A ajuda da ONU ficou mais lenta desde janeiro de 2014, e, quando chega, o resultado pode ser visto na foto.

A ONU tem um site específico para doações a esse campo, que você pode visitar aqui.