NOTÍCIAS
19/02/2014 15:27 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:04 -02

Jhonatan Longhi fica em 58º no slalom gigante em Sochi

COB/Divulgação

O brasileiro Jhonatan Longhi terminou a disputa do slalom gigante do esqui alpino em 58º lugar nos Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi. Nesta quarta-feira, no Centro Alpino Rosa Khutor, a prova foi vencida pelo norte-americano Ted Ligety, o mais rápido entre os 72 competidores que completaram as duas descidas, seguido pelos franceses Steve Missillier e Alex Pinturault, que também foram ao pódio.

Na sua primeira descida, Longhi marcou o tempo de 1min33s03, o 64º entre os 79 competidores entre aqueles que a concluíram. Depois, na segunda tentativa, o brasileiro foi mais lento, com 1min33s69, a 57ª melhor marca entre os 72 atletas que completaram a disputa.

Na somatória dos tempos, Longhi ficou em 58º lugar com um total de 3min06s72. Com esse resultado em Sochi, o brasileiro, que aos três anos foi adotado e acabou indo morar na região do Piemonte, na Itália, piorou o seu desempenho em relação aos Jogos de Vancouver, em 2010, quando terminou a disputa do slalom gigante na 56ª posição.

O norte-americano Ted Ligety foi o mais rápido na primeira descida e o 14º colocado na segunda e ficou com um tempo total de 2min45s29, o que lhe rendeu a medalha de ouro na disputa do slalom gigante, superando dois competidores franceses.

Steve Missillier, o mais rápido na segunda descida, ficou a 0s48 atrás do campeão olímpico no somatório dos tempos e garantiu a medalha de prata, enquanto o bronze foi conquistado por Alex Pinturault, 0s64 mais lento do que Ted Ligety.