NOTÍCIAS
27/01/2014 14:21 -02 | Atualizado 26/01/2017 20:50 -02

Corinthians entra em lista dos 30 clubes mais ricos do mundo

Corinthians SF Girls with official mascot, the musketeer, as the  Superleague Formula car is revealed to the fans in Sao Paulo (2 March 2008)
superleague formula: thebeautifulrace/Flickr
Corinthians SF Girls with official mascot, the musketeer, as the Superleague Formula car is revealed to the fans in Sao Paulo (2 March 2008)

O Corinthians ficou entre os 30 clubes de futebol com maior receita no mundo em 2013, segundo estudo da consultoria Deloitte. A pesquisa Football Money League elencou as 30 agremiações que mais faturaram no ano passado e tem apenas o Timão de fora da Europa na lista. O Alvinegro ficou na 24ª posição com receita de 113,3 milhões de euros (quase 373 milhões de reais).

“Essa colocação mostra que os clubes brasileiros estão cada vez mais atraentes no sentido comercial. Nos próximos anos, devemos ver esse número aumentar gradualmente”, afirmou John Auton, sócio que lidera a estrutura de Sport Business da Deloitte no Brasil.

De acordo com o estudo, a receita dos 20 mais ricos aumentou 8% em relação a 2012. Foi um total de 5,4 bilhões de euros somados por estes clubes, o equivalente a 17,8 bilhões de reais.

A liderança da lista permanece com o Real Madrid, com receita de 519 milhões de euros (1,7 bilhão de reais). A segunda colocação também não teve alteração, ficando com o Barcelona e seus 482,6 milhões de euros arrecadados (1,6 bilhão de reais).

O Bayern de Munique, equipe multicampeã na última temporada, passou o Manchester United e pulou para a terceira colocação, com faturamento de 1,4 bilhão de reais. Os ingleses, que ficaram fora das três primeiras posições pela primeira vez desde que o estudo é realizado, somaram 1,39 bilhão de reais.

Veja abaixo os 30 clubes com maior receita no mundo, em milhões de euros. Entre parênteses, a posição da agremiação no ano passado e a respectiva receita:

1º Real Madrid/ESP - 518,9 (1º, 512,6)

2º Barcelona/ESP - 482,6 (2º, 483)

3º Bayern de Munich/ALE - 431,2 (4º, 368,4)

4º Manchester United/ING - 423,8 (3º, 395,9)

5º Paris Saint-Germain/FRA - 398,8 (10º, 220,5)

6º Manchester City/ING - 316,2 (7º, 285,6)

7º Chelsea/ING - 303,4 (5º, 322,6)

8º Arsenal/ING - 284,3 (6º, 290,3)

9º Juventus/ITA - 272,4 (13º, 195,4)

10º Milan/ITA - 263,5 (8º, 256,9)

11º Borussia Dortmund/ALE - 256,2 (12º, 196,7)

12º Liverpool/ING - 240,6 (9º, 233,2)

13º Schalke 04/ALE - 198,2 (15º, 174,5)

14º Tottenham Hotspur/ING - 172 (14º, 178,2)

15º Internazionale de Milão/ITA - 168,8 (11º, 200,6)

16º Galatasaray/TUR - 157,0 (19º, 129,7)

17º Hamburgo/ALE - 135,4 (20º, 121,1)

18º Fenerbahce/TUR - 126,4 (fora da lista, 103,2)

19º Roma/ITA - 124,4 (fora da lista, 115,9)

20º Atlético de Madri/ESP - 120,0 (fora da lista, 107,9)

21º Stuttgart/ALE - 116,5

22º Napoli/ITA - 116,4

23º Valência/ESP - 116

24º Corinthians/BRA - 113,3

25º Newcastle United/ING - 111,9

26º Benfica/POR - 109,2

27º Ajax/HOL - 107,6

28º Lazio/ITA - 106,2

29º West Ham/ING - 104,8

30º Olympique de Marselha/FRA - 104,3

Fonte: Deloitte Football Money League, 2014