COMPORTAMENTO
24/01/2014 20:33 -02 | Atualizado 26/01/2017 20:50 -02

Dukan, paleolítica, mediterrânea... As melhores e piores dietas de 2014

Thinkstock

A revista U.S. News avaliou e fez um ranking das 32 dietas abaixo a partir das recomendações de um painel de especialistas em saúde. Para estar entre as melhores colocadas, a dieta deveria ser relativamente fácil de seguir, nutritiva, segura e eficaz para a perda de peso e combate ao diabetes e doenças cardíacas. A primeira colocada foi a dieta DASH (sigla em inglês para Abordagens Dietéticas para Eliminar a Hipertensão), recomendada por órgãos de saúde do governo Americano.

  • 1. Dieta DASH (Aprovada)
    1. Dieta DASH (Aprovada)
    Thinkstock
    A dieta DASH foi desenvolvida para combater a hipertensão arterial e não como uma dieta multifuncional. Mas o nosso painel de especialistas a avaliou dessa forma, conferindo notas altas por oferecer nutrição completa, segurança, habilidades de prevenir ou controlar o diabetes e pelo seu papel em apoiar a saúde do coração. Apesar de não ser muito conhecida, essa dieta conseguiu vencer várias outras bem mais populares.
  • 2. Dieta TLC (Aprovada)
    2. Dieta TLC (Aprovada)
    Thinkstock
    A dieta chamada Therapeutic Lifestyle Changes (Mudanças Terapêuticas no Estilo de Vida), ou TLC, é uma dieta muito consistente criada pelo Instituto Nacional de Saúde dos EUA. Ela não apresente nenhuma grande falha e se destaca especialmente por promover a saúde do sistema cardiovascular. Um especialista afirmou que ela é “uma dieta muito saudável, completa e segura”. Porém, quem decide adotá-la terá que fazer tudo sozinho, diferentemente da abordagem de acompanhamento oferecida por alguns programas de emagrecimento comerciais.
  • 3. Dieta Mayo Clinic (Aprovada)
    3. Dieta Mayo Clinic (Aprovada)
    Amazon.com
    Esse é o programa da renomada Mayo Clinic para tornar a alimentação saudável um hábito para o resto da vida. A dieta conquistou notas especialmente altas dos nossos especialistas nos quesitos de nutrição e segurança e foi considerada uma ferramenta no combate ao diabetes. Os especialistas consideraram que ela tem eficácia moderada quando se trata de perda de peso.
  • 4. Dieta Mediterrânea (Aprovada)
    4. Dieta Mediterrânea (Aprovada)
    Thinkstock
    Com a ênfase no consumo de frutas, verduras, azeite de oliva, peixes e outros alimentos saudáveis, a dieta Mediterrânea é bastante sensata. Os especialistas foram unânimes na avaliação positiva dessa dieta, uma grande vantagem em relação às outras no páreo.
  • 5. Dieta dos Vigilantes do Peso (Aprovada)
    5. Dieta dos Vigilantes do Peso (Aprovada)
    Thinkstock
    A dieta Vigilantes do Peso é inteligente e eficaz. Ela foi superior a outros planos de emagrecimento comerciais em várias áreas, incluindo a perda de peso a curto e médio prazo e a facilidade de ser seguida. Os especialistas também deram notas altas pelos quesitos de nutrição saudável e segurança. O que faz essa dieta se destacar entre outras? A ênfase no apoio em grupo, o consumo de muitas frutas e verduras e a liberação para dar uma escapadinha da dieta de vez em quando.
  • 6. Dieta Flexitariana ou Dieta Vegetariana Flexível (Aprovada)
    6. Dieta Flexitariana ou Dieta Vegetariana Flexível (Aprovada)
    Thinkstock
    A dieta Flexitarian, que enfatiza o consumo de frutas, verduras, grãos integrais e proteínas vegetais, é uma escolha inteligente e saudável. Ela teve um desempenho superior ao de muitas outras dietas, obtendo notas especialmente altas por oferecer uma nutrição completa, ser fácil de seguir e trazer perda de peso a longo prazo. Um dos membros do painel afirmou que essa dieta “traz uma boa estratégia e pode ser adotada pela família inteira”, enquanto outro a descreveu como sendo um plano “muito bom” de emagrecimento.
  • 7. Dieta Volumétrica (Aprovada)
    7. Dieta Volumétrica (Aprovada)
    Thinkstock
    A dieta Volumétrica destacou-se entre as outras em várias categorias. Ela conquistou notas especialmente altas por ser segura e nutritiva. Os especialistas avaliaram também que ela pode ter efeitos positivos na saúde do coração e no diabetes. “Esse é um plano de alimentação que pode beneficiar a todos”, afirmou um especialista.
  • 8. Dieta Jenny Craig (Limitada)
    8. Dieta Jenny Craig (Limitada)
    Getty Images
    A dieta Jenny Craig foi elogiada pelos especialistas por ser segura e simples de seguir, oferecer nutrição completa e apoio emocional a quem a adota. Por outro lado, os especialistas não se mostraram muito confiantes no potencial da dieta em melhorar a saúde do coração ou ajudar aos diabéticos no controle da doença. Os especialistas também destacaram que o custo da dieta Jenny Craig poderiam ser um obstáculo para algumas pessoas.
  • 9. Dieta Biggest Loser (Limitada)
    9. Dieta Biggest Loser (Limitada)
    Divulgação
    A dieta do reality show The Biggest Loser recebeu notas altas para perda de peso a curto prazo, segurança e pela eficácia como um regime de controle do diabetes, mas sua eficácia no que diz respeito à saúde do coração foi considerada apenas moderada. Porém, muito especialistas no painel não acharam nada de especial nessa dieta e um chegou a dizer que ela “só está aproveitando o nome” desse popular programa de TV.
  • 10. Dieta Ornish (Limitada)
    10. Dieta Ornish (Limitada)
    Thinkstock
    A dieta Ornish provocou reações divergentes nos especialistas. Por um lado, ela oferece nutrição completa, é segura e extremamente saudável para o coração. Por outro lado, não é nada fácil adotá-la, devido à severa restrição de ingestão gorduras que a dieta exige.
  • 11. Dieta Tradicional Asiática (Limitada)
    11. Dieta Tradicional Asiática (Limitada)
    Thinkstock
    A dieta Asiática é uma opção sensata para os hábitos alimentares, alcançando uma posição no meio do grupo das dietas no ranking. Os especialistas deram notas altas pela nutrição e seguranças que ela oferece, mas questionaram se o plano poderia oferecer perda de peso a curto ou longo prazo.
  • 12. Dieta Vegetariana (Limitada)
    12. Dieta Vegetariana (Limitada)
    Thinkstock
    Em termos de alimentação saudável, o vegetarianismo é inquestionável. Essa dieta produz uma rápida perda de peso, de acordo com os especialistas, e também oferece vários outros benefícios à saúde, como a saúde cardiovascular e a nutrição completa, que consideram ser os mais importantes.
  • 13. Dieta Anti-Inflamatória (Limitada)
    13. Dieta Anti-Inflamatória (Limitada)
    Thinkstock
    Ainda que o aspecto nutricional da dieta Anti-Inflamatória seja ótimo, os especialistas expressaram preocupação por ela ser desnecessariamente complicada, não oferecer nenhuma supervisão ou acompanhamento e ainda afirmar o benefício do uso de suplementos alimentares sem comprovação científica. “A maioria dos Americanos poderia se beneficiar seguindo muitos dos princípios da dieta, principalmente o aumento do consumo de frutas e verduras”, disse um especialista. “O que falta é a comprovação científica de que essa dieta irá de fato reduzir o nível de inflamação no organismo e que haverá uma perda de peso como resultado disso”.
  • 14. Dieta Slim-Fast (Limitada)
    14. Dieta Slim-Fast (Limitada)
    Thinkstock
    O plano Slim-Fast de emagrecimento é uma estratégia aceitável, concluíram os especialistas. O sistema teve notas maiores do que muitas dietas nos quesitos de perdas de peso e dieta para o controle da diabetes. Como o programa é altamente estruturado, é fácil de seguir. No quesito de saúde do coração, porém, a dieta obteve notas bem menores do que outras dietas.
  • 15. Dieta Spark Solution (Limitada)
    15. Dieta Spark Solution (Limitada)
    Amazon.com
    Aparecendo pela primeira vez no ranking das Melhores Dietas, a dieta Spark Solution obteve uma colocação no meio do grupo, recebendo 3.3 estrelas na classificação geral, empatando com a dieta Anti-Inflamatória do Dr. Weil e com a dieta Slim-Fast. Os membros do painel acreditam que a Spark Solution ajudará a maioria de seus seguidores a perderem peso, devido aos fundamentos comprovados de refeições balanceadas, redução de calorias e prática de exercícios físicos na qual a dieta se baseia. Alguns dos especialistas comentaram que a dieta “não traz nada de novo” e muitos não se convenceram dos benefícios a longo prazo da Spark Solution, já que a plano de emagrecimento superestruturado só oferece instruções para as primeiras duas semanas da dieta.
  • 16. Dieta da Flat Belly ou Dieta da Barriga Chapada (Limitada)
    16. Dieta da Flat Belly ou Dieta da Barriga Chapada (Limitada)
    Thinkstock
    A dieta Flat Belly ficou no meio do ranking, pois a maioria dos especialistas a avaliaram com notas perto da média. A dieta obteve notas altas nos quesitos de segurança e nutrição.
  • 17. NutriSystem (Limitada)
    17. NutriSystem (Limitada)
    Thinkstock
    O plano NutriSystem obteve uma classificação próxima do meio ranking. É um programa bastante seguro, mais fácil de seguir do que muitas outras dietas e tem poucas deficiências nutricionais, de acordo com os especialistas. Ela não atingiu as notas necessárias para ser considerada uma dieta benéfica à saúde do coração.
  • 18. Dieta Abs (do Abdômen) (Limitada)
    18. Dieta Abs (do Abdômen) (Limitada)
    Amazon.com
    Os especialistas avaliaram a eficácia da dieta Abs (Abdômen) como sendo moderada para a perda de peso rápida e regular na maioria dos outros quesitos. Eles se incomodaram principalmente com a afirmação da empresa de que quem adota a dieta pode perder até 5.44 kg de gordura abdominal em duas semanas e questionaram a comprovação científica que embasa algumas das estratégias da dieta.
  • 19. Dieta Engine 2 (Limitada)
    19. Dieta Engine 2 (Limitada)
    Amazon.com
    Os especialistas deram 3 estrelas abaixo da média a essa dieta. Apesar de reconhecerem os benefícios oferecidos para a saúde do coração e para a prevenção e controle do diabetes, culparam a dieta Engine 2 por ser desnecessariamente restritiva e conter alguns aspectos ‘questionáveis’ e acharam que é preciso mais pesquisa para comprovar algumas das afirmações da dieta. “Eu não vi nada de singular, inovador ou útil nessa dieta”, disse um dos especialistas.
  • 20. Dieta South Beach (Limitada)
    20. Dieta South Beach (Limitada)
    Flickr:Dyanna Hyde
    Apesar da dieta South Beach ter recebido notas positivas por produzir uma rápida perda de peso, suas restrições também podem dificultar a manutenção dessa perda, disseram os especialistas. A maioria não mostrou grande entusiasmo nas habilidades da dieta em combater o diabetes ou doenças cardíacas.
  • 21. Dieta Vegana (Limitada)
    21. Dieta Vegana (Limitada)
    Thinkstock
    A impressão geral dos especialistas em saúde sobre o veganismo não foi muito favorável, apesar de terem dado notas razoavelmente altas nos quesitos de controle da diabetes e doenças cardíacas. A dieta é altamente restritiva, não oferece apoio social e talvez não ofereça a quantidade suficiente de alguns nutrientes.
  • 22. Dieta Eco-Atkins (Limitada)
    22. Dieta Eco-Atkins (Limitada)
    Thinkstock
    Um especialista descreveu a dieta Eco-Atkins como uma "versão mais saudável da dieta Atkins, que provavelmente será mais difícil de seguir do que a original”. A afirmação foi feita devido às muitas restrições e poucas orientações disponíveis para essa dieta.
  • 23. Dieta do Índice Glicêmico (Limitada)
    23. Dieta do Índice Glicêmico (Limitada)
    Flickr:Fernando Stankuns
    Os especialistas não ficaram nem um pouco impressionados com a dieta do índice glicêmico, que faz a distinção entre carboidratos “bons” e “ruins”. As notas foram baixas especialmente nos quesitos de perda de peso a longo prazo, benefícios para o coração e facilidade de seguir a dieta. Apesar de notas relativamente altas nos quesitos de nutrição e segurança, a dieta não conseguiu sair do terço inferior do ranking.
  • 24. Dieta das Zonas (Limitada)
    24. Dieta das Zonas (Limitada)
    Thinkstock
    A Dieta das Zonas ficou aquém de outras dietas com melhor colocação, às vezes com notas bem menores, em quase todas as categorias, incluindo perda de peso, facilidade de seguir a dieta e o efeito sobre a diabetes e a saúde do coração. É “desnecessário e difícil estruturar cada refeição de acordo com níveis específicos de macro nutrientes”, de acordo com um especialista; outro afirmou que não há “nada de mágico na dieta”.
  • 25. Dieta Macrobiótica (Limitada)
    25. Dieta Macrobiótica (Limitada)
    Thinkstock
    Os especialistas não deram muito crédito à dieta Macrobiótica por várias razões: Seguir o plano é um desafio. Essa dieta é radicalmente diferente dos hábitos alimentares da maioria dos Americanos. A dieta é bastante rígida. Nas palavras de um dos especialistas, essa dieta é “uma mistura de bons princípios de nutrição, misticismo, folclore e bobagem.”
  • 26. Medifast (Limitada)
    26. Medifast (Limitada)
    Thinkstock
    Os especialistas também não se animaram nem um pouco com a dieta Medifast. Ela obteve notas acima da média para a perda de peso a curto prazo, mas teve a média geral afetada negativamente pelas notas baixa na maioria das outras categorias.
  • 27. Dieta Ácido-Alcalina (Reprovada)
    27. Dieta Ácido-Alcalina (Reprovada)
    Amazon.com
    Os especialistas não se impressionaram com a dieta Ácido-Alcalina, que recebeu avaliações medíocres em todas as categorias. Ela mostrou desempenho especialmente fraco nas áreas de perda de peso geral e facilidade de adesão. E não espere que ela tenha efeitos positivos na prevenção ou controle do diabetes ou doenças cardíacas. A dieta é “ridiculamente fraca na área de pesquisa científica”, disse um especialista. “Ela não tem base científica”.
  • 28. A Dieta do Jejum (Reprovada)
    28. A Dieta do Jejum (Reprovada)
    Amazon.com
    A preocupação comum entre os especialistas com a falta de orientação nutricional da dieta para os dias em que não se faz o jejum, foi um dos fatores que levou à avaliação negativa geral da dieta. A dieta do Jejum conquistou apenas 2,5 estrelas, ficando no fim do ranking, perdendo apenas para as dietas de alimentos crus, Atkins, Paleolítica e Dukan. "O sinal de alerta foi a falta de restrições nos dias em que não é feito o jejum e também a falta de orientação sobre o que são hábitos saudáveis de alimentação”, disse um especialista. “Isso pode levar a pessoa a fazer escolhas de alimentação ruins ou a uma falta de controle das porções nos dias em que não é feito o jejum.”
  • 29. Dieta Atkins (Reprovada)
    29. Dieta Atkins (Reprovada)
    Thinkstock
    Muitos dos nossos especialistas avaliaram que a popular dieta Atkins de baixa ingestão de carboidratos deixa muito a desejar, pelo menos no que diz respeito a ser uma dieta multifuncional. Apesar da conclusão do nosso painel de especialistas de que essa dieta oferecer um melhor desempenho do que a maioria das outras no quesito de perda de peso a curto prazo, outros quesitos receberam notas negativas – como a perda de peso a longo prazo, nutrição, segurança e saúde do coração – o que deixou a Atkins no final do ranking.
  • 30. Dieta dos Alimentos Crus (Reprovada)
    30. Dieta dos Alimentos Crus (Reprovada)
    Flickr:christyam
    Os especialistas avaliaram a dieta dos alimentos crus com boas notas para a perda de peso, tanto a curto quanto a longo prazo, mas consideraram que ela é quase impossível de seguir e que não oferece todos os nutrientes necessários e não é totalmente segura. “Seguir essa dieta corretamente exige grande esforço, compromisso, conhecimento e sacrifício”, concluiu um especialista. “Existem outras dietas que exigem bem menos nessas áreas e provavelmente são tão saudáveis quanto essa dieta.”
  • 31. Dieta Dukan (Reprovada)
    31. Dieta Dukan (Reprovada)
    Thinkstock
    Os especialistas classificaram a dieta Dukan como a penúltima do ranking, conferindo péssimas notas em praticamente todas as categorias. Sua pontuação geral ficou mais de uma estrela abaixo da média. Ela é restritiva demais, com muitas regras a seguir e não existe comprovação de que ela funciona. Um dos especialistas disse que a dieta é uma “idiotice”.
  • 32. Dieta Paleolítica (Reprovada)
    32. Dieta Paleolítica (Reprovada)
    Thinkstock
    Os especialistas avaliaram negativamente essa dieta em praticamente todos os quesitos. Independente do objetivo – perda de peso, saúde do coração ou encontrar uma dieta que seja fácil de seguir – a maioria dos especialistas concluiu que seria melhor a pessoa que quer fazer dieta escolher outra. “Uma verdadeira dieta Paleolítica pode ser uma ótima opção: carnes muito magras e puras, muitas plantas selvagens”, disse um dos especialistas. Mas ele rapidamente acrescentou que seguir esses hábitos de alimentação em tempos modernos seria difícil.