OPINIÃO

Comece o ano sem estresse: Não leve tudo muito a sério

06/01/2016 22:03 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:53 -02
Jamie Grill via Getty Images
Woman with head in hands

Você acorda cansado (a) para trabalhar? Está com uma sensação de que não dormiu bem à noite? Possui alteração constante de humor? Está se sentindo desanimado (a)? Sente uma tensão muscular crônica e sente ansiedade?

Cuidado!

Estes são sintomas evidentes de que você está sofrendo de estresse.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o estresse não é considerado uma doença, porém afeta cerca de 90% da população do mundo inteiro e certamente é a porta de entrada para muitas doenças: hipertensão, obesidade ou potencialização de pessoas já obesas, infecções decorrentes da baixa imunidade, depressão, doenças cardiovasculares, pulmonares, além de alguns tipos de câncer.

O estresse é uma reação orgânica do nosso corpo, cuja excitação emocional é norteada por preocupações, frustrações e irritações decorrentes dos desafios que o dia a dia nos apresenta.

Os médicos psiquiatras e pesquisadores Richard H. Rahe e Thomas H. Holmes da Universidade de Washington nos Estados Unidos, elaboraram uma escala (The Social Readjustment Rating Scale), que vai de 10 a 100, dos principais fatores causadores do estresse. São elas:

Férias - 13

Problemas com o chefe - 23

Grandes conquistas pessoais - 28

Gravidez - 40

Reconciliação conjugal - 45

Aposentadoria - 45

Demissão do trabalho - 47

Casamento - 50

Morte de um ente querido - 63

Prisão - 63

Divórcio - 73

Morte do cônjuge - 100

Por isso, comece o ano diferente. Crie consciência de que você precisa ter controle emocional, principalmente no ambiente de trabalho, local onde você passa grande parte do tempo; elimine, por exemplo, o consumo de café, álcool, cigarros e não absorva de maneira rancorosa e raivosa todas as dificuldades com coisas e pessoas.

Eu sempre digo que as vezes é preferível "engolir gato de ré" do que ficar estressado por pouca coisa. Não leve tudo muito a sério. Estes são os princípios básicos para evitar o estresse e trazer melhorias na sua qualidade de vida.

Lembre-se; 95% das nossas preocupações são infundadas. O medo paralisa nossas vontades e sonhos. Não se antecipe em criar um problema onde não existe um.

Não podemos eliminar o estresse totalmente, mas podemos aprender a conviver com ele, afinal, nosso cérebro tem uma capacidade de compreensão e adaptação extraordinária.

LEIA MAIS:

- 6 sinais de que você precisa consultar um profissional de saúde mental

- Depressão é doença, não frescura

- Como o estresse afeta o corpo?

Também no HuffPost Brasil:

As 10 profissões que mais causam estresse

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: