OPINIÃO

Pizzas e hambúrgueres? Sirva com vinho!

Saiba quais são os vinhos ideais para os diferentes sabores de pizza e tipos de hambúrguer.

11/01/2018 01:58 -02 | Atualizado 11/01/2018 01:58 -02
Getty Images/Blend Images
Hambúrguer pode ser harmonizado com vinho.

"Vinho é uma bebida muito chique e só vale a pena servir com pratos caros ou em um evento top."

Será?

Nós achamos que é possível encaixar uma taça de vinho em diversas situações do dia e nas mais variadas ocasiões, sejam elas chiques ou não! E se não com todas, o vinho combina, ao menos, com a grande maioria dos petiscos, lanches, pratos principais e sobremesas que conhecemos, inclusive se forem vegetarianos e veganos!

Em outras palavras: sempre haverá um vinho para todas as horas, gostos e conceitos!

Pois bem, o nosso primeiro artigo sobre harmonização de vinhos aqui no HuffPost Brasil foi com queijos e massas. E a razão é simples: além de serem gostosos, combinam com vários tipos de cores e sabores de vinhos.

Lanches como pizza e hambúrguer, apesar de soar estranho para alguns, podem ser igualmente deliciosos se servidos com uma bela e farta taça de vinho! E a melhor parte dessa história é que, apesar da variedade de recheios de pizza, de tipos de hambúrguer, de acompanhamentos e de temperos, servir um vinho com esses lanches é uma tarefa simples.

Vamos compartilhar com você um pouco sobre como tornar um jantarzinho uma lembrança deliciosa.

Pizzas

Pixabay
Calabresa, marguerita, atum... Tinto, branco ou rosé?

Antigamente, todas as pizzas possuíam uma composição semelhante: massa, molho de tomate, queijo e mais algum ingrediente. Hoje, a criatividade corre solta e tem sabores de todos os tipos possíveis e inimagináveis!

Seja como for, quando o assunto é pizza, optamos por vinhos não muito potentes. Isso vale até para recheios fortes, tipo calabresa, copa e lombo defumado, que combinam com vinhos brancos e rosés de sabor mais forte ou com vinhos tintos mais leves e com boa acidez.

Pizzas com catupiry, quatro ou cinco queijos ou de muçarela casam bem com aqueles vinhos tintos fáceis de beber ou brancos e rosés com boa acidez, para limpar o paladar e tirar a sensação de boca engordurada!

Os espumantes e frisantes mais frutados e com a acidez bem presente são uma ótima opção nos casos de sabores variados, como acontece, por exemplos, nos rodízio de pizzas! Os vinhos borbulhantes costumam se sair bem ao lados dos sabores doces e salgados em geral.

E, por fim, se você adora pizzas doces, como as de chocolate ou com frutas, você pode se surpreender ao servir um vinho de sobremesa: a doçura dessa refeição será balanceada e poderá render uma sensação muito agradável no seu paladar!

Nós já tivemos algumas experiências gostosas com o L.A. Jovem Rosé 2016 e uma pizza de cordeiro, o Brumont Rosé 2014 ao lado de uma pizza de atum e Angheben Chardonnay Edição Limitada servido com uma pizza caprese!

Hambúrgueres

Pixabay
Hambúrguer e vinhos para todos os gostos!

Foi-se a época em que você encontrava só meia dúzia de hambúrgueres no cardápio. Na nossa época eram o x-salada, x-bacon, x-frango e x-ovo e, claro, o famoso x-tudo que contemplava praticamente o que se encontrava pela frente.

Hoje temos uma variedade imensa de hambúrgueres, com cortes de carnes diversas, inclusive vegetarianos e veganos!

Falando neles, os hambúrgueres veganos (de grão de bico, de lentilha, de feijão, de cogumelos, de soja) costumam ter o sabor mais leve e praticamente pouca gordura, de forma que os vinhos brancos ou rosés leves e com a acidez equilibrada seriam as nossas melhores opções.

Os vegetarianos ou aqueles que levam carnes suínas ou brancas em geral podem casar melhor com vinhos brancos e rosés de sabor mais presente e com boa acidez.

Se o hambúrguer for de carnes bovinas ou exóticas, como picanha, costela, fraldinha e cordeiro, optamos por um vinho tinto saboroso (mas não muito intenso) e com uma boa acidez.

Os espumantes e frisantes podem se sair bem com todos, sobretudo com os de carne e, melhor ainda, se houver queijo!

É difícil pensar em uma versão de pizzas e hambúrgueres contendo calabresa ou até cordeiro e não indicar um vinho marcante! Mas é como dissemos no último artigo sobre harmonização: lanches com pão ou massa suavizam um pouco o sabor das carnes e dos embutidos e, ao menos para nós, vinhos muitos potentes não se equilibram bem com eles, pois quase sempre roubam a cena e dominam o paladar!

A melhor experiência que tivemos até agora foi com o Valmarino Espumante Extra Brut Tinto 2014 e um belo hambúrguer de picanha com molho tártaro!

E você? Prefere pizza ou hambúrguer? Escolha um vinho para bebericar junto e nos conte como foi a comilança!

*Este artigo é de autoria de colaboradores ou articulistas do HuffPost Brasil e não representa ideias ou opiniões do veículo. Mundialmente, o HuffPost oferece espaço para vozes diversas da esfera pública, garantindo assim a pluralidade do debate na sociedade.