Conheça as equipes da websérie #SanderoRSRace

08/10/2015 16:54 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:53 -02
Renato Pizzutto/Estúdio ABC

Foi em agosto que chegou, via Facebook, uma mensagem do Matthew Shirts, do Estúdio ABC. Eu imaginava que o convite seria para produzir algum tipo de conteúdo, porque tudo o que sabia é que ele estava buscando uma jornalista com experiência em esporte a motor, mas jamais da forma que acabou rolando... Quando me dei conta, estava em Indaiatuba no primeiro dia de gravações, participando de uma websérie de lançamento de um novo carro junto com um bando de malucos - que vou apresentar já já, aliás.

Antes, explicando: o que você vai acompanhar nas próximas semanas aqui no Brasil Post, no site da Quatro Rodas e também pelo site da Renault é um reality show de competição entre duas equipes: a R (preta) e a S (amarela), reunindo uma turma de quatro competidores com características diferentes em cada time, em busca de um prêmio. Adivinhe! :) Veja no teaser abaixo o que vem por aí.

Meu amigo de longa data Rodrigo e eu vamos postar aqui nos blogs do Brasil Post conteúdos sobre cada um dos cinco episódios do reality, contando os bastidores da ação. Além de nós como jornalistas especializados, tem também dois pilotos com passagem pela Fórmula 1, dois fãs de carros Renault e dois humoristas - embora o Andreoli, colega de origens jornalísticas, não curta muito o termo... Mesmo que ele seja todo engraçadão, né? :P

Enfim, vamos conhecer as equipes?!

OS PILOTOS

piloto f1

Marques, à esquerda, e Pizzonia, à direita

Tarso Marques (R)

Tarso começou cedo no mundo dos carros fórmula, com 16 anos, na F-Chevrolet. Chegou à Fórmula 1 quatro anos depois, categoria na qual correu pela Minardi em 1996, 1997 e 2001. Hoje, tem uma empresa que customiza motos, carros, aeronaves e barcos. Mesmo afastado do automobilismo, Tarso não perdeu a mão na pista. Nem o pé. De chumbo.

Antonio Pizzonia (S)

Hoje na Stock Car pela equipe Prati-Donaduzzi, Pizzonia fez três temporadas na Fórmula 1: em 2003, na Jaguar, e em 2004 e 2005, correndo pela Williams. Amazonense de 35 anos, ele tem um jeito todo metódico de encarar disputas. E, além da ousadia natural, esta é a principal característica que ele traz para a #SanderoRSRace.

MIDIÁTICOS

humoristas

Felipe Andreoli (R)

Foi como repórter do CQC que o trabalho do Felipe estourou e, hoje, ele está na TV Globo, fazendo reportagens para o "Encontro com Fátima Bernardes". Aqui na #SanderoRSRace, ele lidera a equipe dos... ahm... "cabeludos com cara de aluno de Ciências Sociais". É o que ficaram repetindo exaustivamente os rivais, pelo menos.

Antônio Tabet (S)

Tabet é um dos criadores, roteiristas e atores do canal Porta dos Fundos, que começou no YouTube. Mas, antes disso, já tinha seu público fiel através do KibeLoco, uma das primeiras páginas de humor com muita audiência na internet brasileira. Aos 41 anos, ele ainda não fez de tudo. Ele nunca fez, por exemplo, uma volta rápida em pista com um piloto dando freadas bruscas, fazendo ziguezagues e rodando aleatoriamente. Nunca... até antes deste projeto.

FÃS

fasrenault

Murilo, à esquerda, e Silvio, à direita

Murilo Botto de Barros (R)

Dos oito, o Murilo é o que mais chegou causando. Deve ser a idade =D Aos 22 anos, ele é estudante de Rádio e TV e faz parte de uma dupla sertaneja chamada Murilo e Rafael. Murilo chegou à #SanderoRSRace porque é dono de um Sandero azul e um dos administradores do Sandero Clube de Curitiba.

Silvio Pereira de Moraes (S)

Nascido em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, Silvio mora hoje em Chapecó, em Santa Catarina. Tem 38 anos e um estilo totalmente diferente do Murilo, mais discreto. Ele teve três Sanderos e perdeu o último em uma enchente há mais ou menos dois meses.

JORNALISTAS

jornalistasrenault

Rodrigo França (R)

Especializado em carros e esporte a motor, França se divide entre o suporte que dá na Comunicação de pilotos e as atividades como repórter de automobilismo (da revista VIP, por exemplo). Como nos conhecemos há uns bons nove anos, posso dizer que a parte mais desafiadora vai ser ver o Rodrigo não competindo contra mim, mas competindo com o Andreoli e o Tabet pra ver quem faz a melhor (pior?) piada.

Vanessa Ruiz (S)

Não dá pra falar de si mesma na terceira pessoa, então eu nem vou tentar :P Comecei a carreira como jornalista de Esportes há dez anos e, em 2008, cobri pela primeira vez uma corrida: o GP do Brasil de Fórmula 1. Desde então, não parei mais, alternando entre esporte a motor e futebol. Com o tempo de Jornalismo, achei que minha competitividade tinha se esvaído. Ledo engano. Aí vou eu!

Assista a todos os episódios no site da Renault.