OPINIÃO

Atraia sócios Investidores através do Financiamento Coletivo

07/04/2016 19:12 -03 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02
Getty Images/iStockphoto

O financiamento coletivo, também chamado de crowdfunding, tem se tornado um meio atrativo e desburocratizado para ajudar as empresas no momento em que mais precisam: obter verba para a fase inicial.

Se antes era necessário convencer os bancos ou investidores de que sua ideia é viável e merece receber um investimento, hoje, com financiamento coletivo, abrem-se possibilidades até então inexistentes ou inalcançáveis para certos empreendedores. Agora é possível arrecadar dinheiro através de uma multidão que acredita na sua ideia; transformar contribuidores em futuros clientes; e o melhor, é possível arrecadar muito mais do que a meta estipulada para iniciar seu negócio.

Além de seu projeto ter um alcance muito maior, aumentam também as chances de que um sócio investidor encontre seu projeto, se interesse por ele e resolva investir!

Dicas de como criar uma campanha de captação de fundos

1. Escolha a plataforma de financiamento coletivo que melhor se adequa a sua proposta. Todas as plataformas têm o mesmo objetivo: auxiliar a arrecadação de fundos do seu projeto, mas algumas contam com diferenciais. Se você é novato em financiamento coletivo, o ideal é que seja assessorado de perto pela plataforma. Algumas possuem assessoria de marketing gratuita, maximizando as chances de alcançar o objetivo de meta de sua campanha de arrecadação.

2. Saiba como explicar seu negócio. É importante que conte para os contribuidores o que é o seu projeto e como pretende utilizar o dinheiro. Diferentemente de investidor, você não precisa mostrar um planejamento detalhado de marketing do seu negócio, basta apenas convencer os usuários de que sua ideia é boa e merece cada contribuição.

3. Estipule uma meta de arrecadação condizente com os custos de lançamento da empresa ou de seu produto, se esse for o caso, mais as taxas administrativas e custos com as recompensas que precisará confeccionar e enviar. Além disso, tente se planejar ao máximo para evitar imprevistos e surpresas ruins ao longo do caminho (por isso, é importante calcular exatamente quanto de dinheiro você precisará para abrir o seu negócio). Escolha uma meta realista, assim você se sentirá muito mais motivado para alcançá-la.

4. Pense nas recompensas que serão oferecidas aos seus contribuidores, elas são parte importante de sua campanha. Sempre que alguém contribuir, receberá uma recompensa em troca. Mas, são recompensas simbólicas, não precisa ser nada caro. Pense no valor emocional da recompensa. Por exemplo, se a sua empresa vai prestar serviços, ofereça-o em primeira mão aos contribuidores. Se você visa arrecadar dinheiro para lançar um produto, nada mais justo do que dar o produto como recompensa para quem contribuir e acreditar na sua ideia mesmo antes de lançada. Campanhas assim, que oferecem produtos inovadores e exclusivos, que não se encontram no mercado, têm mais chances de ser um sucesso.

5. Tenha uma boa rede de contatos. Você pode maximizá-la antes mesmo de a campanha ir ao ar, falando sobre seu projeto e instigando a curiosidade, assim quando a campanha estiver lançada, já terá potenciais contribuidores. Essa rede de contatos será primordial para o boom inicial de sua campanha. Muitos contribuidores se motivam a contribuir ao perceber que sua campanha está sendo um sucesso e conseguindo muitas contribuições. É o efeito onda, uma contribuição puxa a outra ;)

6. Peça feedbacks sobre sua campanha. Antes de lançar sua campanha, mostre-a para seus amigos e familiares. Eles poderão dar um feedback e sugerir melhorias que você não havia pensado. Se estiver tudo ok, é hora de divulgar!

7. Por fim, use as redes sociais para divulgação. Para a maioria das campanhas, as redes sociais, principalmente o Facebook, se mostraram o canal mais importante para a captação de fundos e sua utilização deve ser diária.

LEIA MAIS:

- Crowdfunding é a solução para a Crise Econômica

- Vaquinha Digital se populariza no Brasil e mais projetos são lançados

Também no HuffPost Brasil:

As empresas mais admiradas pelos jovens