Usp

reprodução/facebook/maria clara araújo

Por que a gente não tem amigo trans?

Nunca circularam pela minha casa pessoas trans. Minha família também não convive com pessoas trans, nem vejo trans nas "selfies" que são publicadas no Facebook/Instagram da galera descolada que vai nas festinhas descoladas do Rio de Janeiro. Não tenho nenhuma pretensão de estudar essa questão na academia porque acho que é hora das próprias pessoas trans escreverem cada vez mais sobre suas questões. Acho que não tenho que ser protagonista nessas questões. Mas vejo que é tarefa nossa, também, de cada vez mais nos fortalecer, lutando sempre por novas representações.
reprodução

'Eu só quero ter aula'

Nos últimos dias, tem gerado bastante discussão um vídeo gravado por um estudante do curso de Administração da USP. Nele, um grupo de estudantes negros toma alguns minutos da aula para, em linhas gerais, abordar o racismo estrutural da Universidade de São Paulo, mas são interrompidos pela professora e também por alguns alunos que, nas suas palavras, "querem ter aula". O episódio evoca uma série de temas e, entre todos eles, quero aqui destacar um perfil de estudante que as melhores universidades do país têm selecionado em seus vestibulares e, cumprindo sua função social, seguem formando em seus espaços acadêmicos: o maníaco das horas-bunda.
giovanna rossin

'A última aula na USP'

Certas emoções, só lá mesmo. Passar no intercâmbio depois de descobrir que "corre, amiga, o prazo final é hoje!". Missão dada é missão esquecida. Lá fui eu correr pra tirar uma 3x4 na Corifeu. Não corre, são só mais 365 documentos. Tudo duplicado: uma na mother tongue, outra na langue étrangère.