OPINIÃO

6 motivos pelos quais você não deve perguntar se uma mulher quer ter filhos

21/12/2016 09:15 -02 | Atualizado 21/12/2016 09:15 -02
Stockbyte via Getty Images
Woman taking home pregnancy test

Texto traduzido por Marcela De Mingo e publicado originalmente no Superela.

A liberdade de escolha é essencial para qualquer ser humano, e no caso das mulheres, esse assunto está mais em pauta do que nunca. Nós aqui do Superela sabemos que ¼ das nossas leitoras não pensam em ter filhos e isso é mais do que normal. Ainda assim, é muito comum existir uma pressão social que diz que as mulheres precisam ter filhos, caso contrário elas estão em falta. Por isso, trouxemos um texto criado por Pamela Granoff Simon com motivos certeiros do porquê jamais devemos perguntar sobre isso para uma mulher. Você pode ler o texto original (em inglês) na íntegra clicando aqui.

"Desde muito novas, aprendemos que jamais deve-se perguntar uma dessas 3 coisas a uma mulher: a sua idade, peso ou número de roupa. É hora de colocarmos mais uma pergunta nesta lista: Você está tentando / pensando em ter filhos?

As perguntas e questionamentos a respeito da 'timeline' ou do 'relógio biológico' de uma mulher são não só inapropriados, mas também infinitos; é um pouco ridículo. Começa com um noivado, seguido de um casamento, depois vem um filho e aí o segundo filho. Mesmo depois de uma mulher dar à luz 2 seres humanos, as pessoas querem saber se ela planeja ter mais. Você vai começar a estocar comida se ela disser sim? Quero dizer, sério! Ninguém quer ser responsável por uma linha do tempo engessada e se sentir culpada se não está de acordo com o que você considera serem as 'normas sociais'.

Os relacionamentos evoluíram, olhe para o relacionamento dos seus pais e a geração deles, as coisas são diferentes agora - as mulheres são mais independentes do que nunca, e com os avanços tecnológicos, é realmente uma escolha quando ou como você vai começar ter filhos.

Como uma mulher próxima de ser uma millennial, eu posso dizer que, enquanto parece totalmente inofensivo, você não vai encontrar nem uma mulher que gosta de ser questionada sobre os seus planos de maternidade. Pense nisso. Você já perguntou a um amigo, parente, colega de trabalho ou um estranho se eles estão pensando em começar uma família recentemente? Caso sim, você percebeu o sorriso falso? Ou o fato que você pode ver a mulher se contorcendo com a pergunta? É uma daquelas perguntas que nos deixa desconfortáveis, porque não importa como nós respondemos, internamente nós sabemos que a nossa resposta vai ser analisada e que isso pode repercutir em outras áreas da nossa vida. "Será que eu vou perder o cliente se eu disser 'em breve'?" "Eles vão olhar para mim de outra maneira se eu disser que não estou planejando?", a lista é enorme.

Então, porque todo mundo sente a necessidade de questionar e oferecer conselhos não solicitados nesse assunto? Vamos dar um passo atrás e pensar um pouco sobre isso. A decisão de ter ou não um filho é muito pessoal. Só de ouvir uma pergunta sobre isso, cria-se um sentimento de pressão desnecessário para que você se defenda, não importando qual a sua posição a respeito de expandir a família.

Aqui vão 6 motivos pelos quais você nunca deve perguntar a uma mulher sobre os seus planos de ter filhos:

1. Nós somos inférteis

Em uma pesquisa com mulheres casadas, o Centro de Controle de Doenças norte-americano descobriu que 1.5 milhão de mulheres nos Estados Unidos (6%) são inférteis. E 25% dos casais que são inférteis tem mais de um fator que contribui para a sua infertilidade. Tradicionalmente, a infertilidade era pensada como uma responsabilidade apenas da mulher, mas agora existe um entendimento maior de que isso não é apenas um problema feminino. Quando uma mulher infértil é questionada sobre isso, o que ela realmente pensa é: "Eu não posso ter filhos. Obrigada por expor que existe alguma coisa errada com o meu corpo sobre o qual eu não tenho nenhum controle". E se é o homem no relacionamento que é infértil, então ela está pensando: "Obrigada por expor que tem alguma coisa errada com o meu parceiro e porque você acha que isso é culpa minha?"

2. Nós não queremos filhos

Não existe um livro de regras gerais que diz 'como mulher, você é obrigada a ter ou querer um filho'. No entanto, se essa é escolha (e é), existe um estigma negativo que é seguido por um julgamento, mais perguntas inapropriadas sobre o assunto e uma vergonha que se segue. Cada pessoa tem o direito de viver a vida que quiser, quer isso inclua filhos ou não.

3. Nós sofremos um aborto espontâneo recentemente

10 a 20% das gravidezes acabam em um aborto espontâneo, com mais de 80% dessas perdas acontecendo antes da 12ª semana. Em média, mulheres não começam a mostrar que estão grávidas até as primeiras 12 ou 16 semanas. Como mulher, sofrer um aborto espontâneo é uma experiência devastadora, então a sua pergunta animada com aquela expressão esperançosa parece uma faca no estômago, obrigada por me fazer sentir ainda pior por isso!

4. Nós estamos tentando há um tempo

Uma gestação não costuma acontecer da noite para o dia. No geral, um casal fértil tem uma boa chance de engravidar em um ano. De 100 casais tentando tanto ter filhos naturalmente, 20 vão ser bem-sucedidos em um mês. 70 conseguirão em seis meses e 85 em um ano. Mas para algumas pessoas, isso leva mais tempo, às vezes anos. Fazer essa pergunta não só é doloroso, como também cria uma pressão e um estresse desnecessários; basicamente, você está colocando sal na ferida.

5. Eu não estou pronta, e tudo bem

Adivinhe, só? Eu estou aproveitando a vida e a minha liberdade como adulta por um tempo antes de cair na responsabilidade de ser mãe. Eu tenho uma lista de coisas que quero fazer e lugares que quero visitar antes de ter filhos. Eu odeio usar essa palavra, mas eu sou egoísta. Eu quero mais tempo e focar apenas em mim. Parece que se você não começar a tentar ou ter filhos em um ano ou dois de casamento algo está errado com você, e esse é um estigma que precisamos quebrar.

6. A minha vida sexual não é da sua conta!

No fim do dia, você não sabe as circunstâncias do que está acontecendo na vida pessoal de alguém. Seja paciente e educado. SE e QUANDO uma mulher decidir por ou engravidar de fato, deixe que elas compartilhem a notícia como bem entenderem."

LEIA MAIS:

3 mitos sobre mulheres que não querem ter filhos

Blogueira mostra o quanto as pessoas podem ser injustas com mães

Esta mãe quer saber por que é permitido foto de peitos no shopping, mas não amamentar sua filha

Também no HuffPost Brasil:

25 selfies que mandam a real sobre a maternidade