OPINIÃO

Você sabe o que realmente faz uma pessoa saudável?

07/05/2014 13:44 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:28 -02
.

Você se cuida, faz exercícios, sabe quais alimentos fazem bem e quais fazem mal. E com isso você está muito feliz consigo mesmo. Tudo perfeito, certo? Não é bem assim. Claro, entre um alimento orgânico e um industrializado, é fácil escolher. Mas você sabe realmente qual é o melhor alimento para o seu organismo? Qual é a melhor atividade para o seu corpo? A resposta varia de pessoa para pessoa e até de um momento para outro.

Nós, humanos, somos compostos dos mesmos elementos, mas em proporções distintas. Cada um de nós tem características muito particulares e diferentes necessidades. E, além dos nossos atributos permanentes, temos variações dentro de nós mesmos. Nosso corpo muda ao longo do dia e também ao longo do ano. Saber ouvir os sinais do corpo e escolher o que é melhor para você em cada momento é o caminho para uma vida realmente saudável.

Segundo a Ayurveda, ausência de doença não define saúde. Ela é determinada pelo nível de liberdade que cada um de nós tem para viver. Mesmo na ausência da doença, muitas vezes experimentamos limitações que restringem nosso dia a dia, como um sono mais inconstante que compromete nossa performance ou um estômago sensível. A verdadeira liberdade só é conquistada quando atingimos nosso estado de equilíbrio físico, emocional e mental. E esse equilíbrio proporciona o bem estar tão necessário para uma vida feliz. Portanto, ter saúde significa sermos capazes de escolher conscientemente aquilo que nos dá qualidade de vida e, consequentemente, nos faz feliz. É saber o que e quando comer.

Pense nos alimentos como vários tipos de combustível. Se você tem um carro a álcool, sabe que não é uma boa ideia colocar gasolina no tanque. Se tem um carro a gasolina, esqueça o etanol. E, claro, se você tem um carro flex, a escolha pode variar. Seu corpo é como um carro flex. Ter o conhecimento para alimentá-lo com a energia que ele precisa para ser mais eficiente permite que você faça mais com menos. Alimentação saudável é isso. E isso não significa necessariamente abandonar aquela pizza deliciosa ou um docinho de vez em quando. Significa, isso sim, saber quando a pizza vai te fazer bem ou quando é melhor deixar o docinho para outro dia.

Para iniciar o caminho para uma vida saudável, é preciso ter consciência sobre si mesmo e sobre o mundo. É observar o que está ao seu redor, seu estado físico e suas reações emocionais todos os dias. Um exemplo? A Ayurveda nos ensina que, no outono, as energias fogo e água se intensificam, preparando nosso corpo para o inverno. É hora de diminuir o sal da rotina, acrescentar alimentos amargos, como hortaliças e verduras escuras, e adstringentes, como mel e pimenta do reino. Como a Ayurveda sabe disso? Experimente ingerir mais desses alimentos e veja gripes e resfriados, tão característicos dessa época do ano, passarem longe de você. São milênios de sabedoria.

Nosso corpo também é muito sábio. Ele dá sempre grandes sinais sobre nosso estado. Basta saber lê-los. Observar a qualidade do sono, o nível de atenção e ânimo, e até a frequência com que se vai ao banheiro permitem a cada indivíduo um alto nível de consciência sobre si mesmo. Esse autoconhecimento é o essencial. Pequenas mudanças podem causar grandes efeitos. Invista no seu bem estar e não nos modismos. Quando se trata de alimentação, a estrela é você. Não copie, escute somente o seu corpo!