OPINIÃO

Papa Francisco surpreende mais uma vez

01/09/2015 19:53 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:31 -02
Shutterstock / neneo

Interpretar os movimentos do papa Francisco não é tarefa fácil. Acompanhar o pontificado de Bergoglio é adentrar num mundo cheio de gestos e palavras que não se enquadra nos simplórios rótulos dos ideólogos.

Mais uma vez, Francisco surpreende.

Em documento publicado nesta terça-feira (1º) no site do Vaticano em ocasião do Jubileu Extraordinário da Misericórdia, o papa permitirá que os padres de todo o mundo absolvam aquelas fiéis que procurarem pelo sacramento da penitência para confessar o pecado do aborto.

Ordinariamente, só o papa e os bispos podem perdoá-las.

Francisco decidiu também que os fiéis que confessarem com os padres da Fraternidade Sacerdotal São Pio X receberão "validamente e licitamente a absolvição de seus pecados".

A Fraternidade, que não tem plena comunhão com a Igreja de Roma, foi fundada pelo bispo tradicionalista Marcel Lefebvre, que negava a validade do Concílio Vaticano II (1962-1965), encontro de bispos de todo o mundo que desejou aggionare (atualizar) a Igreja.

LEIA MAIS:

- Papa Francisco incentiva que 'pecado' do aborto seja perdoado pela Igreja Católica

MAIS PAPA NO BRASIL POST:

As melhores fotos do papa Francisco

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: