OPINIÃO

É hora de festivalar no Brasil

01/09/2014 19:35 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:02 -02
Divulgação

O ano não está no começo, muito menos no fim, tampouco no meio, mas setembro começa com o sinal de que se inicia também uma nova temporada de festivais no Brasil. Dos menores aos grandalhões, a partir de agora se aproximam os que já têm data certa no calendário de 2014 e começam a ganhar contornos mais definidos os previstos para 2015. Eu, que agora sou oficialmente uma festivaleira, com passagem recente por sete festivais europeus para o "Festivalando", não vejo a hora de cortar o período de abstinência aqui na minha terrinha.

Quem puxa a fila por aqui é o Tomorrowland Brasil, cuja venda de ingressos começa no próximo sábado (6). O festival de música eletrônica nascido na Bélgica faz sua primeira edição em solo brasileiro nos dias 1,2 e 3 de maio do ano que vem, em Itu (SP), amparado pelo grande sucesso em meio ao público brasileiro. Os preços das entradas são salgados: vão de R$ 299 (inteira), para um único dia, até R$ 1.699 (inteira) para o passaporte de três dias com direito ao serviço VIP. Quem quiser acampar também terá que pagar taxa extra: de R$ 105 até R$ 5.600, dependendo do tipo de acomodação escolhida. O acampamento é bastante comum em festivais europeus, apesar de a cobrança pelo uso do espaço não ser uma constante. Dentre os quatro festivais em que estive e que ofereciam área de camping (Roskilde, na Dinamarca; Resist to Exist, na Alemanha; Brutal Assault, na República Tcheca e Sziget, na Hungria), nenhum cobrava valor extra pelo serviço.

Com a chegada de setembro, chega também a expectativa de que as organizações de Rock in Rio e Lollapalloza soltem mais detalhes sobre as edições de 2015. Em anos anteriores, entre setembro e outubro, o público já tinha informações sobre datas ou vendas de ingressos. Por enquanto, o Lolla brasileiro segue atrasado em relação aos vizinhos do Chile e Argentina, que já têm data confirmada (14 e 15/3 e 21 e 22/3, respectivamente) e ingressos à venda, mesmo sem atrações anunciadas. E o Rock in Rio só tem notícias extra-oficiais sobre a primeira edição nos Estados Unidos, em Las Vegas, no ano que vem. De acordo com a agência de notícias Associated Press, os ingressos para a versão norte-americana do festival serão postos à venda no próximo dia 26.

Enquanto não se definem os grandalhões, aproximam-se os menores e mais jovens. Em seu segundo ano, o "Popload Festival" cresce e acontece em dois dias, 28 e 29/11, em São Paulo. O "Circuito Banco do Brasil" também entra no segundo ano com datas em Belo Horizonte (18/10), Brasília (19/10), São Paulo (1/11) e Rio de Janeiro (8/11).

Conto os dias para ir a esses festivais ou alguns deles pelo menos. É hora de tirar a prova dos nove. Por aqui, os preços dos ingressos continuam sendo mais assustadores, mas o público, parte fundamental de qualquer experiência ao vivo, continua sendo imbatível no Brasil. E em termos de estrutura, saiba que alguns perrengues existem no tal "primeiro mundo" também. Se quiser acompanhar comigo essa comparação e saber o que mais anda acontecendo no mundo dos festivais, vai lá no Festivalando.

Acompanhe mais artigos do Brasil Post na nossa página no Facebook.


Para saber mais rápido ainda, clique aqui.

MAIS MÚSICA NO BRASIL POST:

200 melhores músicas da década segundo a Pitchfork