OPINIÃO

Imposto do governo Alckmin pode ser usado para taxar games baixados na internet

20/01/2016 11:27 -02 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02

O ICMS, imposto estadual, pode aumentar o preço de jogos digitais comprados pela internet com uma alíquota de 18%. A informação é ventilada por diferentes fontes da indústria nacional de games desde outubro de 2015.

2016-01-18-1453158583-9343026-geraldocoletiva1.jpg

A iniciativa reacendeu o debate sobre os impostos irregulares nos games dentro do Brasil, que são categorizados como "jogos de azar" e não como produtos culturais.

Para debater o assunto, Drops de Jogos fez pelo menos quatro textos sobre a mudança no ICMS, escrito por jornalistas e especialistas do site. Para entender o que está em jogo, confira os materiais abaixo.

ICMS para jogos digitais em 2016? Não começamos nada bem;

O desafio das empresas de software em 2016 é a tributação;

Se imposto fosse bom, ele "não seria, ele "não seria imposto", diz o primeiro desenvolvedor de games no Brasil;

A responsabilidade de Geraldo Alckmin no aumento no ICMS para games digitais.

LEIA MAIS:

- 2015 foi um ano de ouro na cena brasileira de videogames

-Como a saga Metal Gear Solid consegue, sim, ser machista

Também no HuffPost Brasil:

30 cenas de videogames que são obras de arte

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: