OPINIÃO

25 coisas que, aos 25 anos, eu diria para mim mesmo no meu 50º aniversário

04/07/2014 16:12 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:36 -02
Kirk Miller

Estou fazendo 50 anos, e de modo geral estou bastante feliz com isso. Estou saudável, sou casado com um cara incrível, sou próximo de minha família, tenho amigos interessantes e inspiradores e um trabalho que me realiza. Fazer 50 anos não parece tão ruim porque eu nunca estive tão feliz na minha vida.

É claro, é um pouco perturbador ter 50 anos e trabalhar em um lugar como The Huffington Post, onde quase todo mundo ao meu redor tem a metade dessa idade. Eu atendo pelo apelido de "Vovô Paul" quando estou irritado ou quero que alguém me ajude com essa maldita coisa chamada Internet. Ou, em um dia bom, já fui chamado de "raposa prateada" por uma das atraentes apresentadoras do HuffPost Live.

É tentador, em tal ambiente, oferecer minha sabedoria adquirida aos jovens ávidos reunidos em torno de minha mesa. Mas não faço isso -- e não só por causa da total falta de interesse da plateia.

Acredito que existe uma sabedoria que vem de se viver por algum tempo, e um dos meus maiores arrependimentos é não ter feito mais perguntas aos meus avós quando tive a oportunidade. No entanto, também há lições de vida a se aprender com os jovens. Uma das melhores partes do meu trabalho na Universidade Princeton e agora no HuffPost é que posso estar perto de alguns jovens incrivelmente inspiradores e talentosos, que me dão esperanças no futuro do nosso mundo.

Os jovens podem ter um sentido maior de aventura, menos filtros, uma paixão pela vida e uma crença em suas infinitas possibilidades que podem se atenuar com o passar dos anos.

Por isso, neste 50º aniversário, em vez de dar conselhos para meu ser de 25 anos, decidi reavaliar minha visão de mundo quando eu tinha 25 anos. O que eu teria pensado sobre minha vida atual e que conselhos "de volta para o futuro" eu teria dado ao meu ser de 50 anos?

Então, sem mais delongas:

25 coisas que o meu ser de 25 anos gostaria de me dizer no meu 50º aniversário, sem uma ordem especial:

1. Não se esforce tanto para ser respeitável. Abra seu coração sobre o que você realmente acredita, mesmo que isso o faça parecer ingênuo ou sentimental.

2. Você pode mudar radicalmente sua vida quando e se precisar. Você não precisa continuar fazendo o que faz só porque tem o hábito de fazê-lo.

3. Ser simpático e aberto a conhecer novas pessoas em lugares imprevistos pode levar a aventuras e amizades interessantes. Não fique confortável demais em seu atual círculo de relações.

4. Lembre-se: passar uma noite dançando com um ótimo DJ em um clube é um caminho importante para a transcendência. Faça isso de vez em quando.

5. Você precisa de muito menos dinheiro do que pensa para sobreviver; pare de se obcecar sobre isso e simplesmente gaste menos. Você já viveu no East Village com US$ 10 por dia.

6. Não há problema em não saber o que você quer fazer pelo resto da sua vida. Deixe espaço para que o totalmente inesperado aconteça.

7. Deus o ama ainda mais porque você é meio maluco. Não esconda sua luz embaixo de uma aparência séria demais.

8. Saia pela porta sem qualquer objetivo de vez em quando e veja aonde a cidade o leva. Não fique apenas no caminho entre seu apartamento, o trabalho e a academia.

9. Saia mais com seus velhos amigos e procure os que estão afastados. Você não parece ter tantos amigos quanto costumava.

10. A ambição é valorizada demais. Pare de se esforçar tanto para ser "bem-sucedido".

11. Uma coisa boa é acreditar na possibilidade de uma sociedade utópica, onde todo mundo é tratado com dignidade e igualdade, e vale a pena trabalhar para isso. O cinismo não o torna inteligente -- apenas o torna cínico.

12. Crie arte de vez em quando. Mesmo que você não seja especialmente talentoso e ninguém tenha adorado seu "nu sob folhas de outono", o processo criativo é bom para sua alma.

13. Na próxima vez em que você ouvir a si mesmo lembrando-se de como "costumava fazer alguma coisa", crie um plano para fazê-la. Estudar dança, esculpir abóboras para o Halloween e fazer improvisação teatral não devem ser pensados sempre no passado.

14. Reze com a mesma sensação de urgência que você tinha aos 25 anos e estava dolorosamente consciente de quanto precisava da ajuda de Deus.

15. Por favor, por favor, aprenda a tocar pelo menos uma canção no violão. Faz 30 anos que você quer aprender.

16. Não apenas dê dinheiro, seja voluntário em algum lugar para que você possa interagir diretamente com as pessoas. Sua vida é antisséptica demais e o está deixando meio aborrecido. É claro que você não conseguiu dormir, mas passar noites no abrigo dos sem-teto o fez conhecer algumas pessoas incríveis.

17. Você deve agradecer loucamente por ter encontrado o amor com Brad. Você passou muito tempo sozinho, sem pensar que encontraria um homem tão maravilhoso. Não deixe passar um dia sem se lembrar de como você é feliz.

18. Experimente um novo esporte! A rotina de exercícios cardiovasculares e pesos só para ter um visual decente está ficando velha. Você já foi um atleta! Volte a nadar e inscreva-se na travessia do rio East, ou tenha aulas de boxe.

19. Quando você se tornou um chato arrumadinho? Você costumava não ter medo de se destacar e até usava alguma coisa um pouco mais na moda de vez em quando. Vestir-se na J. Crew não é obrigatório na sua tradição religiosa.

20. Seus pais estavam lá para ajudá-lo mesmo quando você passou por tempos difíceis e francamente era meio rebelde. Hoje eles precisam de você. Você nunca lamentará o tempo que passou com eles.

21. Encontre meios de ficar sozinho na floresta ou na água. Não esqueça o quanto você valoriza a solidão na natureza.

22. Como você já teve uma gravadora e foi DJ, é chocante que a última música "nova" que comprou foi OK Computer, do Radiohead. Encontre um grupo que tenha sido formado nos últimos cinco anos e compre um novo CD.

23. Pare de se castigar pelos erros que cometeu. É bom fazer autocrítica, mas você também precisa ser compassivo.

24. Se você puder ter um filho próprio, tenha-o! Você sempre quis ter uma família. Se isso não funcionar, seja o melhor tio para seus sobrinhos. Eles lhe dão muito orgulho.

25. Valorize todos os dias que você tem. Aos 25, eu nunca pensei que viveria até os 50. Comemore sua vida.

Voltaremos a conversar quando você fizer 75.

Acompanhe mais artigos do Brasil Post na nossa página no Facebook.


Para ver as atualizações mais rápido ainda, clique aqui.


MAIS COMPORTAMENTO NO BRASIL POST:

10 coisas que você precisa fazer antes dos 60 anos