OPINIÃO

É hora de colocar Estado e Governo contra a parede

16/01/2016 16:22 -02 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02
Reprodução/Jornalistas Livres

Como cidadão, acho que o papel da polícia é reduzir conflitos e não instigá-los. Não estou em São Paulo neste mês de janeiro, mas pelos inúmeros vídeos a que assisti nos últimos dias a impressão que fica é que a PM paulista, em vez de acalmar a situação durante os protestos, agiu de forma desproporcionalmente violenta e provocou confusão desnecessária.

Ao permitir que a polícia agisse assim, o governador Geraldo Alckmin não honra o legado de líderes social-democratas paulistas como Franco Montoro e Mário Covas. E reforça o discurso de que o PSDB é um partido de direita, com o qual não concordo. Realmente não entendo o que ele, que pretende ser candidato a presidente em 2018, ganha com isso. Para que reforçar a imagem de conservador e intolerante diante de todo o Brasil?

Dito isto, também é preciso dizer que o aumento da passagem de metrô e ônibus -- uma péssima notícia para quem usa o transporte público, entre os quais me incluo -- é consequência direta do estouro da inflação, que superou o patamar de 10% no ano passado. Portanto, o principal responsável é o governo federal.

Aqueles que protestam legitimamente contra o aumento das passagens _desde que de forma pacífica, embora sempre exista espaço para um pouco de confusão em meio a uma manifestação_ também deveriam protestar contra a inflação, fruto das políticas irresponsáveis da presidente Dilma Rousseff e sua equipe nos últimos anos. Ao se omitirem em relação a isso, e criticarem apenas o governo estadual, agem de forma tendenciosa e desonesta.

Simplesmente não é viável exigir que os governos, tanto o estadual, do PSDB, ou o municipal, do PT, incorporem os custos extras resultantes da inflação sem controle, subsidiando ainda mais o transporte público. Muitos acham que o dinheiro do governo é infinito, mas o caos econômico que estamos vivendo é a maior prova de que as coisas não são assim.

Portanto, Alckmin está erradíssimo ao autorizar sua polícia a agir de forma truculenta e pouco democrática, mas a culpa do aumento do transporte público é de Dilma. Os dois devem ser colocados contra a parede!

LEIA MAIS:

-'Querem aumentar? Então abram a caixa preta do dinheiro público e dos lucros do transporte'

- A brutalidade da PM não deixou o ato do MPL nem sequer começar

Também no HuffPost Brasil:

Novo protesto em SP é reprimido pela PM

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: