TEORI ZAVASCKI

Ueslei Marcelino / Reuters

A crise institucional e o futuro da Lava Jato após a morte de Teori Zavascki

Não se trata de defender a passividade frente a momentos tão delicados. A investigação precisa ser protegida e, em certa medida, controlada de seus abusos para que possa agir de modo legitimo. A demora na escolha do sucessor é nociva para o andamento da mesma. Porém, considerando que as instituições são exercidas por homens, será que estamos protegidos das paixões de indivíduos?