Selma

Paramount

Tara Ochs: 'torço para que algum dia não pensemos em indicações ao Oscar para filmes negros e filmes brancos'

Natural do sul dos Estados Unidos e filha de um piloto da Marinha americana, Ochs não passa a impressão de ser uma mulher preocupada com o glamour de Hollywood e em conviver com celebridades. Talvez tenha sido isso o que levou a diretora do filme, Ava Duvernay, a pensar nela para o papel de Viola Liuzzo, ativista dos direitos civis e mãe de cinco filhos. Liuzo foi assassinada pelo Ku Klux Klan depois de participar de uma marcha bem-sucedida comandada por Martin Luther King Jr., em 1965, de Selma, no Estado do Alabama, a Montgomery.