Igreja Universal

ASSOCIATED PRESS

Por que o neopentecostalismo avança na periferia e a esquerda se afasta dela

Já falaram aqui, repito e endosso a opinião alheia, ainda que com outros elementos. Como dito por outros analistas, enquanto a esquerda em sua esmagadora maioria foi brincar de conquistar cargos e aparatos eleitorais, as forças conservadoras ligadas ao neopentecostalismo se enraizaram nos subúrbios e periferias. Criaram redes de sociabilidade, onde oferecem serviços dos mais diversos e resolvem os problemas cotidianos de um setor da classe (cabeleireiro, brechó, emprego, cultura, música, lazer). Enquanto isso a esquerda distribui santinho eleitoral nas áreas dos setores-médios ou foca suas atividades na conquista de aparatos sindicais e estudantis.
gulfu photography via Getty Images

Como o trabalho de base das religiões pode fortalecer a democracia?

Este é o trabalho mais valioso da igreja: colocar em comunhão e em pé de igualdade e solidariedade pessoas de origens e vivências muito diferentes entre si. Este trabalho de base feito pelas igrejas é muito valioso para o fortalecimento da democracia e vai muito além dos fundamentalistas religiosos que hoje estão no poder. Vale termos a cautela e o espírito democrático para avaliar caso a caso e de não manchar a imagem de um ou outro político pelo seu histórico religioso, apenas por motivos estritamente eleitoreiros.
Shutterstock / emin kuliyev

'Que se f*da a Ciência, cara!'

Pra mim que sou cientista, fica difícil ver o corte de mais de 10 bilhões do orçamento do Ministério da Educação, corte de 1,4 bi no Ministério de Ciência e Tecnologia, cortes no financiamento de auxílio à pesquisa da CAPES, cortes nas fundações de amparo, cortes de milhares de bolsas de estudo no Brasil e corte de todos os novos pedidos para o exterior. É muito corte. Isso sem contar o exército de doutores desempregados, assistindo um outro exército se formando, sem perspectivas de concurso ou vaga no mercado privado.