Fernando Henrique Cardoso

News Free/CON via Getty Images

Serra diz à Rádio ONU que xenofobia e muros não ajudam refugiados no mundo

O ministro das Relações Exteriores do Brasil, José Serra, conversou com a Rádio ONU poucos dias antes da abertura dos debates de líderes internacionais na Assembleia Geral da ONU. O chanceler brasileiro deve acompanhar o presidente Michel Temer, que fará o discurso de abertura do evento na próxima terça-feira, 20 de setembro. Será o primeiro discurso de Temer como chefe de Estado e governo do Brasil na ONU.
Enrique Marcarian / Reuters

A crise brasileira reflete a morte da democracia representativa no Ocidente

Em democracias em crise, as diferenças de classe se misturam com outras formas de identidade social. Partidos políticos estabelecidos inevitavelmente perderão espaço. Narrativas que tentam se conectar com e tratar das queixas das massas que perdem poder preenchem o vazio deixado pela morte da democracia representativa. Vemos isso com Donald Trump nos Estados Unidos e a crescente xenofobia na Europa.
Reprodução/Ultracurioso

O Brasil sempre foi de uma minoria rica e poderosa -- que já foi aliada do PT

No segundo mandato de Lula e no primeiro de Dilma, muitos dos que hoje bradam contra o PT e os presidentes petistas andavam felizes, esbanjando dinheiro no Brasil e no exterior. Empresários e banqueiros, então, nem se fala. Nunca antes na história deste país os bancos lucraram tanto, e nunca antes grandes empresários conseguiram tantos empréstimos polpudos a juros baixíssimos no BNDES.