OPINIÃO

Como ajudar o Caribe após a passagem do furacão Irma

Listo aqui iniciativas que visam à solidariedade e à coleta de doações para localidades devastadas pelo furacão.

10/09/2017 15:48 -03 | Atualizado 10/09/2017 15:49 -03
GEMMA HANDY via Getty Images
Furacão Irma destruiu casas de Barbuda, Antígua e Codrington, no Caribe.

O furacão Irma arrasou o Caribe. Por muito tempo ainda vamos ouvir sobre os recordes desse evento em termos de ventos fortes por horas a fio, energia acumulada etc.A prioridade agora é o alívio imediato aos afetados, sobretudo aqueles que estiveram no olho do furacão, como Barbuda e Ilhas Virgens.

Alguns amigos que estão nas ilhas menos afetadas das Virgens Americanas já botaram seus barcos na água para apoiar pessoas das ilhas mais ao norte a saírem de lá. Isso porque há muito lixo e debris espalhados, o que oferece risco à saúde da população.

Felizmente, eles não são os únicos. Há esforços diversos e oportunidade para quem está longe do Caribe ajudar.

A seguir, elenco algumas opções para quem se interessar em ajudar o esforço humanitário.

Reforço que falta o básico neste momento: água, comida, papel higiênico, medicamentos, luz. Mas, no futuro próximo, vai também faltar para reconstrução de moradias, escolas, hospitais e infraestrutura.

Pense no alívio imediato e também na oportunidade de apoiar quem perdeu tudo ou quase tudo.

Na linha frente do Irma, a ilha de Barbuda foi severamente afetada. Quase todas as casas foram destruídas e falta água, comida e luz.

O pessoal de St Kitts and Nevis criou um evento no aplicativo Ticketing para arrecadar recursos para a Cruz Vermelha. Até o momento, cerca de 28 mil dólares (75 mil dinheiro caribenhos) já foram doados. Muito mais será necessário. Você pode dar sua contribuição aqui.

Também uma companhia de barcos chamada Excellence Catamarans está apoiando a evacuação de Barbuda e para isso levantando recursos. A meta é de US$ 100 mil e, até o momento, 4 mil foram arrecadados. Cerca de 330 barbudenses já estão em local seguro devido ao transporte solidário e o esforço pode ser acompanhado na página deles do Facebook.

Por fim, há um esforço para apoiar uma família que perdeu praticamente tudo. São um casal e 2 crianças, a mãe é brasileira e vivem em St. Martin - ilha igualmente devastada pelo Irma. Você pode doar aqui.

#helpBarbuda #Irmageddon #Irma #Caribe #helpCaribbean #redcross #cruzvermelha

*Este artigo é de autoria de colaboradores ou articulistas do HuffPost Brasil e não representa ideias ou opiniões do veículo. Mundialmente, o HuffPost oferece espaço para vozes diversas da esfera pública, garantindo assim a pluralidade do debate na sociedade.

Furacão Irma assola o Caribe