OPINIÃO

11 dicas para aproveitar o melhor da Black Friday

27/11/2015 09:56 -02 | Atualizado 26/01/2017 22:34 -02
shutterstock
black friday placard with red...

Nas últimas semanas eu recebi propagandas de todas as lojas possíveis sobre a promoção da Black Friday - até de antivírus! Os descontos prometidos são tentadores - até 80% e há quem garante 90%, mas os cuidados têm de ser na mesma proporção!

O Brasil tem sim histórico de problemas na data promocional, o que já lhe rendeu o apelido 'carinhoso' e chiclete de "Black Fraude", por oferecerem descontos maquiados. O que acontecia é que as lojas aumentavam os preços antes da data e depois ofertavam os produtos com falsos "descontos".

Nas últimas edições, os organizadores se muniram de diversas parcerias para não terem mais a campanha taxada de "Black Fraude": monitoramento de preço, plantão de reclamações, selo de confiança... Mesmo assim, é importante saber exatamente o que você quer comprar, ter pesquisado com antecedência os preços para não ser enganado(a) e não exagerar na empolgação.

Veja algumas dicas que o GuiaBolso, app de controle financeiro, selecional para você aproveitar melhor a Black Friday:

Oportunidades

1) Adiante as compras de Natal

O saldão da Black Friday é uma boa alternativa para quem costuma presentear amigos e familiares no Natal. É possível encontrar bons presentes por um preço mais acessível do que próximo ao 25 de dezembro. Fazendo isso, também evita as lojas lotadas e filas em caixas na época natalina.

2) Compre móveis para a casa nova

Se você mudou recentemente e ainda não conseguiu mobiliar a casa, a Black Friday pode ser uma boa data para fazê-lo. Mas lembre-se de listar exatamente o que precisa para não comprar além da conta e acabar se enroscando com o cartão de crédito, ter de recorrer ao cheque especial ou pegar um empréstimo. O ideal é já ter os fundos guardados para a data.

3) Renove sua prateleira

Para quem gosta de ler, é um bom momento para renovar a prateleira ou a biblioteca do tablet ou smartphone. É comum as varejistas aproveitarem a data e promoverem saldões de livros físicos e e-books.

4) Made in USA: compre produtos importados

Como a Black Friday também é feita em outros países, em especial Estados Unidos, onde nasceu, pode ser uma boa hora para comprar algo que esteja precisando e que é mais barato no exterior. Eletrônicos, livros, acessórios para celular, entre outros. Mas, não se esqueça de incluir as taxas de IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) e converter a fatura ao câmbio do dia (dólar operou em torno de R$ 4 no último mês).

5) Troque de celular ou TV

Com as vendas fracas em 2015, as fabricantes de eletrônicos estão com estoques altos e devem apostar fortemente na Black Friday. Para quem está querendo trocar de celular ou comprar uma TV melhor, pode ser uma ótima hora. A dica é pesquisar os preços e modelos disponíveis e definir aquele que se encaixa com seu perfil. Assim, evita-se comprar outro modelo mais caro só porque está com um desconto maior.

ATENÇÃO: Estes cuidados abaixo são necessários

6) Não se deixe levar pela euforia

É fácil cair na tentação das compras ao ver tantos sites e lojas com descontos. Manter o controle é fundamental para não acabar fazendo uma compra maior do que se pode pagar e ter de recorrer a empréstimos. Faça previamente uma lista do que precisa comprar e veja o que se encaixa em seu orçamento.

7) Cheque se os sites são confiáveis

No Brasil, a BlackFriday nasceu como uma campanha voltada para o comércio eletrônico. Lojas físicas acabaram aderindo e a oferta de produtos com desconto cresceu, assim como as compras na data. Se você quer comprar algo pela internet verifique primeiro se o site é confiável. O Procon-SP atualiza regularmente uma lista negra de endereços não confiáveis, que não cumprem as normas brasileiras. A lista pode ser encontrada no site do Procon-SP.

8) Verifique se o produto é da campanha Black Friday

Ao contrário do que muitos consumidores acreditam, nem todos os produtos disponíveis nos sites de comércio eletrônico estarão com desconto na Black Friday. Os varejistas devem identificar quais produtos participam da campanha com um selo.

9) Compare preços antes do Dia D

Já houve casos de varejistas que maquiaram os descontos. Dias antes da Black Friday eles subiam os preços dos produtos e os ofertavam, na data, a um "desconto" supostamente atraente. Por isso, é importante acompanhar a evolução do preço do produto desejado para não cair em falsas campanhas de marketing no dia. Sites de comparação de preços, como o Zoom e Buscapé permitem visualizar o histórico de preços de diversos produtos. Vale acompanhar. No dia 27 uma empresa especializada em precificação, a Precifica, verificará os preços promocionais dos produtos participantes da campanha justamente para alertar os consumidores para os falsos descontos.

10) Cuidado com o parcelamento

No comércio eletrônico, grande parte das transações é feita pelo cartão de crédito. Com a facilidade de uso e a possibilidade de parcelamento e pagar só no mês seguinte, muitas pessoas acabam exagerando e comprometendo o orçamento além do que poderiam. Evite parcelar as compras. Mas, se for fazer, veja como estão suas faturas do cartão de crédito para os próximos meses e avalie se vale a pena comprometer ainda mais seu salário futuro. Lembre-se que ano está terminando e dezembro e janeiro são meses conhecidamente de gastos elevados. Assim, fica mais fácil alinhar suas vontades a seu poder de compra. Outra dica importante é evitar pagar apenas o mínimo da fatura - o crédito rotativo do cartão cobra juros de 415% ao ano!

11) Mantenha o foco

É muito fácil entrar em um site para comprar um celular e acabar comprando um fone de ouvido, capinha, caixas de som e por aí vai... Por isso é importante ter uma lista pré-definida com os itens, modelos e preços comercializados no último mês e segui-la. Foco é fundamental para não estourar o cartão de crédito ou gastar um dinheiro que não tem. Se o produto não estiver com um desconto interessante talvez não valha comprar e esperar outro saldão.

VEJA MAIS SOBRE BLACK FRIDAY NO HUFFPOST BRASIL:

7 dicas para aproveitar a Black Friday

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: