OPINIÃO

Quem é a 'desempregada' do 'São Paulo Fashion Week'?

Eduarda Barros, uma estilista de 26 anos, foi fotografa diversas vezes por usar uma camiseta bem sincera.

21/03/2017 19:38 -03 | Atualizado 22/03/2017 14:28 -03

O SPFW aconteceu na última semana e deu o que falar. Além dos looks que veremos nas lojas nas próximas semanas, o que chamou muita atenção foi o street style na entrada do evento.

Comum em todas as semanas de moda, os fotógrafos ficam na porta observando os fashionistas e tirando fotos do melhores looks para sites ou, até mesmo, para guardar no portfólio. O importante é compartilhar a informação de moda com a internet e mostrar o que as pessoas estão usando no dia a dia.

Mas uma pessoa se destacou durante o SPFW e não foi uma modelo, atriz ou blogueira. Eduarda Barros, uma estilista de 26 anos, foi fotografa diversas vezes por usar uma camiseta bem sincera. Em versões nas cores branco, preto e até em inglês, a logo DESEMPREGADA deixava claro a situação da moça.

Site Vogue

Eduarda usou a sua criatividade para criar uma coleção – intitulada DESEMPREGADA Collection - especialmente para o São Paulo Fashion Week. Sua intenção, além de mostrar o seu trabalho, era conseguir uma vaga de emprego. Quem sabe alguém não teria interesse em contratá-la depois das fotos nos sites famosos? Até na Vogue apareceu!

Compartilhada pela página Moda dá Depressão, a estilista ficou surpresa pelo número de comentários, likes e pessoas que se identificaram com a camiseta. Eduarda contou que teve a ideia da camiseta comendo um hambúrguer depois de uma entrevista de emprego ruim. "Estava bem chateada e pensando como a área estava difícil, como o processo para encontrar um emprego é lento. Queria uma forma de me destacar na área, então tive a ideia de ir ao SPFW com a camiseta DESEMPREGADA. Acho que temos que ter bom humor para tudo na vida, e levar os desafios com um sorriso no rosto e mais leveza!", disse em entrevista.

Capricho

Sobre a repercussão, ela garante que ficou assustada com a quantidade de pessoas que estão na mesma situação do desemprego na área de moda, mas que está bem confiante que irá encontrar uma vaga legal, ainda mais depois do SPFW! "Estou adorando a conexão com as pessoas que essa ideia me trouxe! Muitas pessoas estão me adicionando no Facebook e me apoiando!", contou.

Como Eduarda, muitos jovens formados estão desempregados, mas uma atitude pode mudar tudo. A estilista usou o seu talento para chamar a atenção e conseguiu.

100 anos de moda masculina