OPINIÃO

Inversão de Valores

12/10/2015 01:05 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:53 -02

2015-10-10-1444520552-8120926-9t1xku0fr1hibdz69jiccbfcq.jpg

Mais um absurdo aconteceu nestas últimas semanas no Rio de Janeiro. Uma menina de 12 anos do Colégio Pedro II teria sofrido um abuso sexual de três garotos, de 15 a 17 anos, que também estudavam na escola. Eles filmaram o suposto abuso e compartilharam nas redes sociais.

O ocorrido foi fora das dependências do colégio, que fica em São Cristóvão, na zona norte do Rio, porém a aluna já tinha sido vitima de uma tentativa de estupro em agosto dentro da instituição.

O caso foi levado à direção do Pedro II, que num primeiro momento informou que trataria o caso de forma "pedagógica". Mas depois de ver o vídeo, o reitor do Pedro II suspendeu a matrícula dos três rapazes em 2016. Entretanto, eles poderão continuar frequentando a unidade até o final do ano.

Que ótima medida adotada! A vítima é transferida e os agressores poderão terminar o seu ano letivo normalmente.

Talvez até façam novas vítimas, já que a impunidade passou longe, e o reitor tratou o caso com a simplicidade de uma questão pedagógica.

Que inversão de valores é essa que estamos vivendo, em que um estupro de vulnerável parece uma situação bastante normal. Lamentável!

O que mais indigna é ver brotar palavras de apoio aos adolescentes nas redes sociais. Dizem que a menina consentiu. Consentiu?

A menina tem 12 anos e por lei nessa idade ninguém tem condições legais de "consentir" uma relação sexual.

Fez porque quis, disse um dos alunos. Com esse pensamento, infelizmente nossa sociedade machista vai continuar violentando nossas mulheres.

Segundo informações do Estadão, a garota vinha recebendo cartas de ameaças e sofrendo bullying por parte dos alunos. Algumas das mães já teriam pedido à direção que ela saísse da escola.

Pelo que eu entendi, a menina não é mais vitima e sim acusada. Um completo absurdo.

Um dos responsáveis por um dos agressores disse que seu filho estava sofrendo perseguição porque é negro e de família humilde.

Pelo amor de Deus, agora tudo será justificativa por ser negro?

Ele está sendo "perseguido" porque é suspeito de estuprar uma menina de 12 anos e não por ser humilde e negro. Que sociedade hipócrita...

Vale lembrar que o colégio Pedro II é tido como referência em educação. Aí eu digo: três garotos, que deveriam estar na escola estudando, tendo em mãos uma oportunidade que muitos não tiveram, simplesmente fazem o inverso.

Vamos imaginar a cabeça da menina como está. O mínimo que o colégio teria que fazer é oferecer um acompanhamento psicológico para a vítima, já que em muitos casos, a agredida sofre uma depressão.

É inadmissível que um colégio conceituado como o Pedro II não esteja cercado de uma infraestrutura que possa no mínimo resguardar seus alunos. Cadê as câmeras, funcionários?

Em que mundo realmente nós estamos?

Não quero acreditar que o futuro dos nossos filhos, aliás, a herança dos nossos filhos será esta... Um mundo com maldades e corrupções entrelaçadas na sociedade. Negro, Branco, amarelo, azul, rico, pobre, adolescente e adulto. Do mais alto escalão para o mais baixo.

Que Deus nos proteja.

MAIS VIOLÊNCIA SEXUAL NO BRASIL POST:

Opiniões chocantes sobre estupro

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: