OPINIÃO

'Sou uma mulher de 54 anos com um corpo de 54'

04/02/2014 16:11 -02 | Atualizado 26/01/2017 20:51 -02

A aparência era muito importante para se conseguir um trabalho de secretária. A secretária deveria estar sempre muito bem arrumada, meia de seda e saltinho. Nunca fui muito vaidosa, mas para minha profissão era importante estar sempre parecer elegante, e repetir a roupa na mesma semana parecia crime.

Esta coisa de ter a aparência impecável era fácil quando eu era jovem e a natureza foi boa comigo -- era magra, alta e bonita.

Mas os anos passam e as coisas não ficam sempre no lugar depois de uma certa idade, ainda mais eu que nunca gostei de ginástica e nem de cremes e limpeza de pele. Só me depilava porque achava higiênico.

Casei-me, tive filhos, e engordei; não fiquei obesa, mas não era igual a antes. Me separei por outros motivos, não por estar envelhecendo (pelo menos é o que eu penso). Mas, quando percebi, já estava pintando cabelo quase toda semana, cremes de todos os tipos no meu rosto, tentei de todo os jeitos ficar magérrima e não dizia minha idade pra ninguém.

Um dia, parei e pensei: pra que tudo isto? Percebi que não era pra mim, e sim para os outros. Eu estava envelhecendo e por que eu não poderia envelhecer? A sociedade nos cobra e cobra muito.

Cortei meus cabelos e resolvi deixar de pintar. A impressão que deu foi que eu iria cometer um crime. Todos me recriminaram. Por que não posso ter meus cabelos brancos à vista? Por que parece que estou agredindo as pessoas?

Estou envelhecendo. Meu corpo não é mais o mesmo, com tudo em cima: o peito em cima da barriga, a barriga em cima das coxas, e assim por diante, rsrsrs.

Sou uma mulher de 54 anos com um corpo de 54. Isso me incomoda, pois querem que eu tenha corpo de miss. É impossível.

As pessoas fazem do envelhecer um pecado. E de mim uma pecadora.