OPINIÃO

Brasília, cidade criativa

A cidade é um mosaico da diversidade brasileira e capital do rock, do choro, da arquitetura moderna e da qualidade de vida.

08/06/2017 14:06 -03 | Atualizado 09/06/2017 13:58 -03
Flickr Vision
A Catedral Metropolitana é projeto do arquiteto Oscar Niemeyer e uma das mais bela obras da cidade.

Brasília naturalmente é uma cidade do design. Suas retas e curvas, seu traçado urbanístico - na síntese de uma cruz - é um símbolo da modernidade para o mundo.

O desenho original encanta moradores e visitantes, pois, ao pousar em formato de avião na vastidão do Planalto Central, cunhou um rico contraste entre o concreto e o cerrado. Muitos que a conhecem se surpreendem com a amplitude dos espaços e o horizonte circundante e livre.

Sua luz, arte e arquitetura já foram temas de músicas, poesias e obras de arte. A beleza original, exótica e futurista é instigante ao provocar novos olhares sobre a vida em sociedade.

Diante desse contexto, nossa capital entrou na disputa pelo título de Cidade Criativa, concedido pela Unesco, na categoria design. O resultado será divulgado em 31 de outubro deste ano.

Se o pleito de Brasília for aceito, será o reconhecimento dessa dimensão estética e fortalecerá ainda mais esta vocação que faz parte do DNA da cidade.

Ao celebrar os 30 anos do título de Brasília como Patrimônio Cultural da Humanidade - primeira cidade moderna a receber esse título e que ainda se caracteriza como maior área tombada do mundo -, este caminho nos remete aos pilares de sua construção.

Brasília nasceu da criatividade brasileira. Aqui o talento se fertilizou em uma tela plana, onde a natureza e os traços do arquiteto Lúcio Costa se uniram ao colorido da chuva e da seca do Cerrado, numa obra urbana e paisagística sem precedentes.

O título de Cidade Criativa do design impulsionará o conjunto da economia criativa e da sua complexa cadeia, fortalecendo o campo do artesanato, da gastronomia, da arte e cultura, da ciência e tecnologia e fomentará um desenvolvimento mais sustentável.

A capital de todos os brasileiros é um mosaico da diversidade do nosso povo e de suas manifestações. Brasília já é a capital do rock, do choro, da arquitetura moderna e da qualidade de vida.

Esse título será um orgulho para todo o Brasil e deixará evidente que a cidade tem potencial para inspirar novas miradas e oportunidades de trabalho e de realizações, além de nos conectar a uma rede mundial de cidades criativas com sinergia para novos tempos.

*Este artigo é de autoria de colaboradores ou articulistas do HuffPost Brasil e não representa ideias ou opiniões do veículo. Mundialmente, o HuffPost oferece espaço para vozes diversas da esfera pública, garantindo assim a pluralidade do debate na sociedade.

LEIA MAIS:

- Por que a Maria da Penha merece ganhar o Nobel da Paz

- Nós, mulheres, não somos coadjuvantes

Brasília: 55 anos