OPINIÃO

7 dicas para montar (sem erro) um armário cápsula

13/10/2015 15:07 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:53 -02

Há muito tempo, eu li Madame Charme, um livro que, na minha opinião, é ótimo, escrito por Jennifer L. Scott, e que, basicamente, conta os segredos de estilo e etiqueta das mulheres francesas. A autora conta na obra, com detalhes, como o estilo minimalista dessas mulheres e principalmente, como elas tinham guarda-roupas minúsculos apenas com o necessário e tudo super de acordo com o seu estilo pessoal (algo que eu provei quando morei na França).

A Jennifer ainda explica que esse guarda-roupa clássico francês tem só 10 peças (!) e que ela mesma adotou esse micro-closet e viveu muito bem com ele, diga-se de passagem. Na época eu super quis aderir a ideia, mas acabei não indo adiante por achá-la radical demais.

capsule wardrobe

Daí que a Gabi, do ótimo Teoria Criativa, fez um post falando sobre o armário-cápsula, um conceito que ela viu no blog Unfancy sobre um guarda-roupa com apenas 37 peças. Fiquei tão inspirada que passei o resto do dia lendo tudo sobre a ideia na página da Caroline. E, logo em seguida,comecei a colocar em prática.

Já estou bem adiantada no processo -o armário de primavera é o meu segundo -, mas queria dar algumas dicas para quem está pensando em começar agora.

1. Tenha tempo

wardrobe

Tenha em mente que não tem como pensar em fazer isso nas duas horas livres que você tem entre o fim do expediente e o curso de línguas (ou o jantar com os amigos, ou aquela festa, ou o que quer que seja). Separe um dia para fazer isso. Pode parecer exagerado, mas uma arrumação dessas demanda paciência e carinho.

2. Esvazie o guarda-roupa

wardrobe

E quando eu digo esvazie, eu quero dizer tire TUDO MESMO de lá de dentro! Nada de esvaziar uma gaveta por vez. Tire tudo para ter a ideia do espaço com o qual você trabalha. Nunca esqueci uma coisa que eu li no Vista O Que Você É, das meninas do Oficina de Estilo, que diz que roupas precisam respirar e ter espaço no armário. Se você é parecida comigo, com certeza tem muitas peças no closet e elas estão meio amontoadas ali dentro. Por isso, tirar absolutamente tudo dali é uma forma perfeita não só de deixar essa noção em mente, como também já organizar (e limpar!) tudo de uma vez.

3. Analise cada peça com carinho

clothes

Não importa se você vai começar primeiro pelos casacos, saias ou vestidos. O importante é pegar aquela peça e analisar muito bem o que você sente quando olha para ela, quando veste, se ela cai bem, se está com algum defeitinho por uso, se desbotou com o tempo... Eu sempre me faço a seguinte pergunta: 'Eu usei essa peça há menos de um ano?'. Se a resposta for 'não', ela automaticamente vai para a pilha de doações ou para jogar fora, caso não esteja em condições de ser repassada. Lendo os posts da Gabi e da Caroline, aprendi também a perguntar: 'Eu amo essa peça?' e, de novo, se a resposta for 'não', é tchau e bença!

4. Faça quatro pilhas

clothes

Uma pilha de peças que ama e que vão voltar para o armário, uma para doar, outra para jogar fora e outra ainda para peças da estação oposta que não serão usadas no momento (tipo, guardar as roupas de verão se é inverno, etc) - essa última dica é super tirada do Unfancy e eu achei demais!

5. Pense em combinações

clothes

Outra dica preciosa que aprendi com o livro da Fê e da Cris do Oficina: pense nas combinações. Acha que diminuir o guarda-roupa para 37 peças é radical demais? Pense assim: cada parte de baixo (uma calça, por exemplo) tem que combinar com pelo menos três partes de cima. Nessa lógica você já tem quatro looks diferentes com bem menos peças! E, claro que os acessórios não contam, então, dá pra variar bem.

6. Faça um planejamento de compras

organizer

Você seguiu todos os passo e aí percebeu que tem pouquíssimas peças de inverno que realmente você ama. E agora? Só porque você adotou um armário cápsula não pode nunca mais comprar? Claro que não! Você pode planejar para adquirir o que falta ou que você acha que precisa. Mas sempre lembrando da pergunta: 'eu AMO essa peça e quero usá-la o tempo todo?'. De nada adianta passar por todo esse processo e depois comprar roupas que você não vai usar e vão acumular de novo, né? Nesse caso, vale também fixar um orçamento para essa renovação.

7. Mentalize a palavra-chave: rotatividade

wardrobe

Como a Caroline explica, cada estação dura só três meses, então é interessante depois desse espaço de tempo sentar, olhar o guarda-roupa de novo, tirar o que não está mais na estação e reprogramar compras. É, realmente, um ciclo. A cada três meses o ciclo fecha e você precisa 'recomeçar'.

Este post foi originalmente publicado no blog Desancorando.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS:


VEJA MAIS NO BRASIL POST:

Produtos ridículos para mulheres "finas"