OPINIÃO

Informação, sociedade e conhecimento: o que mudou nos anos 2000?

12/02/2014 11:20 -02 | Atualizado 26/01/2017 20:51 -02
Tara Moore via Getty Images

O mundo pós-moderno produziu diversas alterações na sociedade, principalmente no que tange à tecnologia e ao conhecimento. Pode-se dizer, com propriedade, que essa é a era da informação, já que a acessibilidade, atualmente, abrange um contingente maior de pessoas do que em toda a história da humanidade. É possível produzir dados, colocá-los na rede e assisti-los em tempo real.

A produção de conteúdo, desde o início da civilização, era restrito às classes dominantes e às religiões, que se utilizavam desses fatores como sinônimo de poder. O cidadão comum apenas ouvia o que lhe era repassado, sem ler ou interpretar os textos sacros. Com a evolução da tecnologia, a alfabetização das populações e o fortalecimento da ciência, a velocidade de transmissão de informações aumentou drasticamente. Dessa maneira, no século 20, foi criada uma das maiores invenções revoluções da história: a internet.

Inicialmente utilizada com fins militares, a rede mundial de computadores ganhou força no fim dos anos 90 e dominou a comunicação a partir dos primeiros anos do século 21. Através das redes sociais, blogs e mensageiros instantâneos, qualquer pessoa que tenha acesso à internet pode, teoricamente, escrever, postar ou trocar qualquer tipo de dado. Entretanto, alguns países possuem uma política severa com relação ao que é postado na web. A China, por exemplo, possui um forte sistema de censura, sendo que mais de 300 mil integrantes do Partido Chinês colaboram no controle de tudo o que ocorre no ambiente virtual.

A criação da internet gerou a necessidade de se produzirem novos aparelhos, com a finalidade de condensar todo tipo de informação. Os smartphones e tablets estão cada vez mais populares não só entre os adultos, mas também entre crianças e até idosos. Essas ferramentas possibilitam à pessoa comum fotografar imagens, gravar vídeos, escrever textos e jogar games interativos, que trocam dados com outros usuários. A facilidade para a divulgação de elementos virtuais é de uma velocidade assustadora. De acordo com o projeto "One second on the internet", de 2013, por segundo são enviadas cerca de 463 imagens para o Instagram e 3.935 tweets. Além disso, o Facebook possui mais de 1,19 bilhão de usuários em todo o mundo produzindo e compartilhando conteúdo.

Todos esses números só mostram o quanto a internet é mais do que um meio de comunicação e troca de dados: ela é a prova de que o ser humano criou aparatos para poder ter voz ativa e marcar sua presença na sociedade. Embora ela provoque isolamento social em diversos casos, ela também aproxima distâncias e é capaz de eliminar fronteiras geográficas. O mundo pós-moderno foi sensivelmente alterado devido a essas mudanças, já que toda transformação na comunicação é também uma transformação na humanidade.