OPINIÃO

Da mitologia X-Men, FX estreia Legion no Brasil

Legion tem como premissa explorar as jornadas de personagens não contemplados pelos longas-metragens.

07/02/2017 15:57 -02 | Atualizado 09/02/2017 11:09 -02
Divulgação
O público não deve esperar, no entanto, pelo aparecimento de nomes conhecidos de "X-Men".

A saga "X-Men" é talvez uma das mais aclamadas e rentáveis dos HQs.

Com um novo filme à caminho da franquia ("Logan", que tem estreia prevista para 2 de março nos cinemas brasileiros), a história dos mutantes também ganhará versão televisiva.

Legion tem como premissa explorar as jornadas de personagens não contemplados pelos longas-metragens. Em um hospício, David Haller (Dan Stevens) acredita estar lidando com a esquizofrenia, quando na verdade experimenta reações adversas de seus poderes não controlados durante anos.

Neste ambiente inesperado, ele é descoberto por uma unidade do governo americano que recruta pessoas com superpoderes.

Estamos vendo o universo por camadas e sendo verdadeiros com a origem do personagem", explicou o produtor executivo Jeph Loeb, que esteve envolvido em outras adaptações da Marvel, durante a NY Comic-Con 2016.

O público não deve esperar, no entanto, pelo aparecimento de nomes conhecidos de "X-Men". A ligação entre os mundos da TV e do cinema estará distribuída em pequenas doses na produção. Afinal, só o fato de David ser o filho do Professor Xavier nos quadrinhos já é um grande motivo para despertar o interesse do fãs.

No Brasil, Legion estreia nesta quinta-feira (9), às 22h30, no FX.

*Este artigo é de autoria de colaboradores do HuffPost Brasil e não representam as ideias ou opiniões do veículo. Mundialmente, o Huffington Post é um espaço que tem como objetivo ampliar vozes e garantir a pluralidade do debate sobre temas importantes para a agenda pública. Se você deseja fazer parte dos blogueiros, entre em contato por meio de editor@brasilpost.com.br.