OPINIÃO

6 maneiras de curar sua sede de viagem sem viajar

01/08/2014 18:32 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:43 -02

Você é oficialmente uma vítima da doença chamada sede de viagem. Você gastou horas e horas percorrendo fotos maravilhosas na Internet (talvez até neste blog), mas continua sentada à sua mesa ou em seu sofá e está doente porque não poderá viajar tão cedo.

vontade de viajar2

Isso se chama abstinência.

Depois que eu reservei minha passagem só de ida para a Europa, tinha alguns meses para me preparar para a viagem. Estava louca para deixar Nova York, sem nada na cabeça além de fazer as malas e pular naquele avião para a Islândia.

Conheço a sensação que você tem quando tudo o que quer é partir, mas está presa ao seu ambiente atual, possivelmente indo para um emprego que detesta todas as manhãs, comendo nos mesmos lugares todos os dias porque está cansada demais para explorar, dirigindo pela mesma rua até aquele emprego que você detesta, parada no mesmo engarrafamento e passando todos os fins de semana ensolarados na cama porque a semana a deixou totalmente exausta.

Sim, é duro encontrar inspiração quando sua mente só quer ser inspirada por estar em outro lugar. Mas então eu percebi que tinha trabalhado em Nova York por quatro anos e não estive nenhuma vez no topo do Empire State Building ou do Rockefeller Center. Nunca fui a um show na Broadway.

Sempre quis fazer um piquenique no Central Park -- e fiz? Não. Tinha caminhado pela Ponte do Brooklyn como sempre desejei? Também não. Que tal um daqueles festivais de música? Fiz uma viagem aos Hamptons no fim de semana? Coney Island? Hummm. Não.

Espere um pouco, o que você esteve fazendo esse tempo todo?

Trabalhando. Eu acordava e ia trabalhar, tomava drinques no mesmo bar depois e voltava para casa para trabalhar mais um pouco. Então eu ia dormir, acordava e fazia tudo de novo no dia seguinte. Fins de semana? Talvez um filme em casa, um vinhozinho no jantar -- aventurar-me lá fora parecia simplesmente... exaustivo.

Os seres humanos são viciados em rotina, e em muitos casos a rotina é uma coisa linda. Mas minha rotina atual não estava me deixando feliz ou permitindo que eu me sentisse realizada na vida. Por isso sacudi as coisas em vez de esperar durante dois meses e tomei a decisão de investir na exploração do meu quintal -- a cidade de Nova York.

Acordei em um sábado e fui para o topo do Rockefeller Center (LEIA: O topo da pedra).

torre azul

Fiquei lá quatro horas para ver o pôr-do-sol e tirei algumas de minhas fotos favoritas de Nova York.

No fim de semana seguinte, saí da cama e fui para o topo do Empire State Building.

Nunca tinha visto a cidade dessa perspectiva, e apesar de estar muito frio e minhas mãos, totalmente congeladas (mesmo com luvas), fiquei hipnotizada por aquela vista incrível.

Atravessei a Ponte do Brooklyn à noite e passei algumas horas absorvendo a linda vista do Dumbo. (LEIA: Atravessando a Ponte do Brooklyn à noite )

Estava superfrio, tinha neve no chão e portanto meus pés estavam congelados, mas essa vista era uma que eu nunca tinha apreciado e me fez lembrar por que eu vim para esta cidade, para começar.

Fui à City Bakery pela primeira vez para experimentar o chocolate quente gigante com marshmallow e um croissant de pretzel. Sim, um croissant que tem gosto de pretzel. (LEIA: Uma tarde na City Bakery {http://greaseandglamour.com/2014/02/hot-chocolate-festival-nyc-city-bakery/})

vista de cima

Sim, ajuda o fato de eu estar em uma das maiores cidades do mundo, mas e se você não estiver? Você precisa ser de uma cidade enorme para encontrar coisas que a ajudem a curar sua sede de viagem, ou pelo menos atenuar os sintomas?

NÃO. Não importa de onde você seja. Aqui vão algumas maneiras de aliviar um pouco a abstinência de viagens sem ter de ir muito longe de casa.

1. Dirija por uma nova rua.

vista de cima

Escolha o caminho mais comprido e bonito para casa um dia destes. Algo tão simples quanto dirigir por uma rua que você nunca pegou vai agradar os seus sentidos, mesmo que seja apenas um quarteirão além. Estacione o carro, desça, sente-se no capô e escute, veja e aprenda.

2. Experimente um novo restaurante, café ou mercearia.

try restaurant

Peça algo novo em seu restaurante favorito, ou vá a um café onde você nunca esteve e tente compartilhar essa experiência com alguém que você ama.

3. Saia de sua casa.

outside home

Não é do tipo que gosta do ar livre? Transforme-se. Estar ao ar livre e cercar-se de natureza pode ser um pouco confuso às vezes, cansativo fisicamente, sobretudo em clima adverso, mas é uma sensação incomparável. Vá atrás do ar limpo e fresco na montanha, ou cheire um pinheiro numa floresta, ouça o chorão sussurrando ao vento perto de seu lago preferido, ou veja quilômetros de milharais estendendo-se ao pôr-do-sol.

4. Sente-se e veja o sol se pôr.

sunset

Chama-se hora dourada por um ótimo motivo. Passe uma hora aproximadamente sentada lá fora, vendo o céu mudar de cor. Há uma beleza nisso que não depende do que acontece na sua vida, onde você está no mundo e se você está com alguém que você ama ou sozinha.

5. Descubra e reserve uma excursão na sua área.

book area

Quando você não é turista, tende a não fazer coisas turísticas. Minha amiga visitou minha cidade, Virginia Beach, e fez um passeio de jet ski pelo oceano Atlântico. Eu nunca tinha andado de jet ski em minha cidade, muito menos em uma excursão paga. Procure passeios guiados, seja de barco, uma degustação de vinhos ou mesmo um museu.

6. Passe uma noite em um hotel só para variar.

hotel night

Férias de um dia podem ser muito boas para a alma. Acordar em uma cama diferente com lençóis limpos e um edredom supermacio pode ajudá-la a viajar mentalmente, sem ter de ir muito longe.

Sua sede de viagem provavelmente nunca será curada de todo. Viajar em geral só nos faz querer viajar mais, mas não há absolutamente nada errado nisso. Espero que você consiga sair por alguns momentos de sua rotina para ter uma nova perspectiva de seus arredores. O mundo está cheio de maravilhas, e mesmo que você não consiga viajar agora para um novo destino pode encontrar maneiras de experimentar coisas novas no seu próprio quintal.

Siga Jinna no Instagram para fotos atualizadas de suas viagens: @greaseandglamour

Siga Jinna Yang no Twitter: www.twitter.com/jinnaboo