profile image

Jan Birchfield, Ph.D

Ph.D. em Psicologia, fundadora do 'Contemplative Leadership Development'

Jan Birchfield é Ph.D. em Psicologia pela Fordham University de Nova York. Por mais de duas décadas vem atuando na área do desenvolvimento de lideranças. Destacam-se, entre outros, seus estudos sobre a conexão entre liderança, psicologia e práticas contemplativas. Birchfield utiliza dessas especialidades em seus programas para abrir caminhos de acesso à ilimitada natureza de nossa consciência. Entre seus clientes figuram marcas como Time Warner Cable, Campbell Soup, Novartis, Thermo-Fisher Scientific, Novo Nordisk, MacDonald’s, Westminster Choir College, da Rider University, entre outros. Jan é blogger do HuffPost USA e foi colaboradora da revista Forbes. Em março de 2016, seus artigos passaram a ser publicados no HuffBrasil. Em 2011, mudou-se para Taos, Novo México, onde implantou o CLD- Contemplative Leadership Development, que inclui um espaço para retiros, onde promove a conexão entre bem-estar, autoconhecimento, práticas contemplativas e liderança.
eggeeggjiew via Getty Images

Prestando atenção em como nos fazemos presentes

A maneira como nos fazemos presentes - para onde direcionamos nossa atenção - está integralmente relacionada à realidade que percebemos como verdadeira. Durante a maior parte de nossa existência, temos vivido dentro de uma determinada faixa repetitiva e estreita de atenção. Como consequência, sentimos tédio e mesmo um certo entorpecimento. Muitas vezes vemos até abrir-se um espaço fora desses hábitos, mas raramente nos sentimos capazes de acessá-lo.
16/12/2016 15:03 BRST
Esthermm via Getty Images

Amor: O que 'liderança' tem a ver com ele

Tenho ponderado sobre como o amor se tornou conceitualmente separado da liderança. Por boa parte dos últimos 20 anos venho ministrando múltiplas palestras e seminários explorando a inteligência emocional, o autoconhecimento e a empatia no contexto da liderança, mas nunca falei sobre o coração e certamente nunca falei de amor.
06/07/2016 12:38 BRT
Jan Birchfield

Inovação e quietude mental: Desperte para o descanso

Dado o ritmo frenético do mundo dos negócios, cultivar o silêncio nesse contexto é um ato radical. Talvez essa necessidade de repensar as organizações seja uma oportunidade para realizarmos uma verdadeira mudança de paradigma. E nos reconectarmos com esse gesto simples e profundo. Assim, encontraremos inspiração e amplo acesso à verdadeira visão, tendo ainda como prêmio a revitalização de nossos corações e mentes.
17/05/2016 17:56 BRT