OPINIÃO

A felicidade está no tempo

Certas doses de felicidade aparecem para aqueles que choram e se machucam.

18/08/2017 17:07 -03 | Atualizado 18/08/2017 17:12 -03
dapoopta via Getty Images
A vida, assim como a correnteza, nos estimula a errarmos e acertamos para que saibamos o valer de ainda estarmos vivos.

A idade traz consigo a sabedoria certo? O tempo passa para todos. Mas e a felicidade, em que ponto da vida ela está? Ou o que pode trazer uma paz plena? Para estas perguntas, as respostas são inexistentes. A filosofia tem de admitir que não é nela, mas sim na vida que o homem deve encontrar as suas maiores satisfações e alegrias.

A sociedade acha que todos temos de ser velhos para ficarmos sábios. Mas, na verdade, à medida que os anos avançam, é difícil manter nossa mente e corpo intactos como quando éramos mais novos. De fato, o homem passa a ser distinto em diferentes etapas da vida.

Mas ele não pode dizer que se tornou melhor. E, em alguns aspectos, é igualmente provável que ele esteja certo aos 20 ou aos 60.

Os que desprezam os pequenos acontecimentos nunca farão grandes descobertas. Pequenos momentos mudam grandes rotas. Novo ou velho, rico ou pobre, a vida, assim como a correnteza, nos estimula a errarmos e acertamos para que saibamos o valer de ainda estarmos vivos.

E certas doses de felicidade aparecem para aqueles que choram, se machucam, buscam e tentam sempre. Além daqueles que reconhecem a importância das pessoas que passam por suas vidas.

*Este artigo é de autoria de colaboradores ou articulistas do HuffPost Brasil e não representa ideias ou opiniões do veículo. Mundialmente, o HuffPost oferece espaço para vozes diversas da esfera pública, garantindo assim a pluralidade do debate na sociedade.

LEIA MAIS:

- São Paulo não seja diferente: Você tem de ser egoísta!

- 'Trabalhe mais, chore menos': Esse é o desejo do governo Temer

ETC:Vozes