OPINIÃO

Toda mulher já é empreendedora, só basta ela descobrir isso

28/03/2016 15:40 -03 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02
Shutterstock / baranq

Eu sei que você chegou até aqui curioso para saber minha opinião a respeito desse assunto.

Porém nesse texto eu quero construir uma opinião juntamente com você, leitor. Ao longo desse iremos responder essa pergunta de uma maneira bem simples.

Antes disso é bom que fique bem claro, É ÓBVIO que as mulheres sabem empreender e isso não é de hoje.

Saiba por que estou dizendo isso.

Cresce o número de mulheres empreendedoras

O número de mulheres empreendedoras é um reflexo do quanto essas mulheres estão dispostas a enfrentar as adversidades. No Brasil, no último ano um estudo realizado pela Serasa Experian mostrou que existem cerca de mais de 5 milhões de mulheres empreendedoras no país. E que 43% dos donos de negócios são mulheres. Bom, se você dúvida ainda disso, é só dá uma volta na sua cidade e entender o espaço que a mulher vem ganhando a cada dia. E a tendência é um crescimento com o maior espaço e o empoderamento feminino incentivado principalmente por outras empreendedoras que já estão na jornada.

E algumas delas, você irá conhecer logo abaixo:

2016-03-08-1457397322-3386809-mulhersabeempreender.png

Essas mulheres são grandes empreendedoras e ensinam também aos homens que empreendedorismo não tem sexo definido

A dona de casa é uma empreendedora

A dona de casa, sim, essa mesmo que sofreu tanto preconceito ao longo dos tempos e foi forçada a administrar a casa. Essas mulheres também são empreendedoras. Elas conseguem administrar casas e lidar com situações inesperadas, tomando decisões importantes e que determinam o futuro de uma família. Tal como os empreendedores, elas precisam acordar cedo, batalhar e ter essa disposição diariamente. Tire isso de um empreendedor e veja-o desaparecer.

Luiza Helena Trajano

Ela começou aos 12 anos trabalhando no varejo e até hoje soma valores que poucos ainda possuem, como generosidade, sonho grande e honestidade. Aprendeu com sua família e em 1991 já assumia a liderança do Grupo Maganize Luiza. Sempre focou na valorização dos seus colaboradores e procurou expandir o crescimento do grupo com um novo modelo de gestão que até hoje faz sucesso. Já recebeu inúmeros prêmios e saiu como capa revista Forbes Brasil. Luta por uma maior participação feminina nos conselhos empresarias brasileiros por meio do grupo Mulheres do Brasil, o qual ela lidera.

Bel Pesce

Fundadora da FazINOVA, uma escola de empreendedorismo, inovação e networking com diversos cursos online e presenciais, a Bel Pesce ganhou destaque por ser uma jovem empreendedora que estudou no MIT, nos Estados Unidos e por ter já trabalhado em grandes empresas como Google e Microsoft.

Mas não para por aí, a Bel Pesce escreveu três livros e um deles enquanto estava no Vale do Silício. O livro A Menina do Vale se tornou um sucesso e ela começou a ser conhecida. A Bel também já foi considerada uma das "100 pessoas mais influentes dos Brasil", pela revista Época, eleita um dos "30 jovens mais promissores do Brasil", pela Forbes, e entrou na seleta lista dos "10 líderes brasileiros mais admirados pelos jovens" pela Cia de Talentos. É uma mulher empreendedora que busca fomentar o empreendedorismo e impactar milhares de pessoas. Venceu o prêmio 'Cartier Women's Initiative Awards" concorrendo com outros 1900 projetos de mulheres empreendedoras de todo o mundo.

Tive a honra de duas vezes poder conversar com a Bel Pesce de perto por ser Embaixador da FazINOVA, sua escola de empreendedorismo. E sem dúvidas, é uma jovem com apenas 28 anos e centenas de conquistas, uma empreendedora nata e decidida a mudar o Brasil através do empreendedorismo.

Toda mulher já é empreendedora, basta ela descobrir isso

Tanto a Bel Pesce, como a Luiza Trajano ou a dona de casa, possuem duas coisas em comum, a vontade de empreender e o desejo de transformar as pessoas. Elas fazem aquilo que amam e buscam entregar o seu melhor, seja no lar ou onde seja necessário. Veja que nesses três exemplos é visível a garra da mulher. As mulheres são guerreiras por natureza e no Brasil ainda mais, com isso as empreendedoras ganham mais espaço e mostram suas qualidades. A beleza é só um complemento, pois a inteligência e suas habilidades já são visíveis no mundo do empreendedorismo. E você, acha que as mulheres sabem empreender?

Esta é a minha visão.

LEIA MAIS:

- A atual crise não é tão grave a ponto de estagnar tudo; E nem será

- 3 sinais que a mudança no Brasil já começou a partir do Empreendedorismo

Também no Huffpost Brasil:

Por que o feminismo é importante